League of Legends

LoL: Ranger diz que Bvoy é o melhor companheiro de equipe que já teve

Caçador do Flamengo não poupou elogios ao atirador do time
@Foxer_JJ
Escrito por
Jairo Junior

Foto: Riot Games Brasil/Reprodução
Foto: Riot Games Brasil/Reprodução

Filipe "Ranger" Brombilla não poupou elogios ao falar sobre o companheiro Ju "Bvoy" Yeong-hoon. Durante a coletiva de imprensa do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) do último sábado (18), o caçador do Flamengo afirmou que o atirador da equipe foi o responsável por devolver seu ânimo de jogar LoL.

Leia mais:

Um dos grandes fatores que vinha chateando Ranger era a solo queue do LoL. Pelo Twitter ele chegou a afirmar que os brasileiros serão "eternos figurantes" no cenário do game, já que "as pessoas do high elo não entendem o mínimo de controle de wave e pathing na jungle e também não se esforçam o mínimo pra entender". A colocação do pro player gerou inclusive debate nas redes sociais entre outros profissionais. streamers e até fãs.

Até mesmo Thiago "Tinowns" Sartori da paiN Gaming falou sobre o assunto na coletiva e utilizou Coreia e Europa como exemplos, pois nestas duas regiões existe uma quantidade de players e times competitivos muito maior e, por isso, a qualidade também tende a ser mais elevada.

Ranger chegou a afirmar que ficou cerca de duas semanas desmotivado, até que na última semana Bvoy conseguiu resgatá-lo deste sentimento ruim com atitudes. De acordo com Ranger, "Além dele [Bvoy] ser muito bom, é um cara que tenta ajudar todo mundo, dá opinião, se esforça dentro de jogo e, por mais que o treino não esteja indo muito bem ou não seja tão produtivo, ele quer ganhar tudo e se esforça muito". O jungler lembrou até mesmo de um episódio em que o Flamengo estava treinando contra outra equipe, a partida já estava ganha e "todo mundo estava quase que no automático, enquanto ele estava dando 200% dele para ganhar".

Na coletiva Ranger também falou do outro coreano rubro-negro, Han "Luci" Chang-hoon. Segundo o brasileiro, o suporte "é o jogador mais independente do nosso time e a gente dá total liberdade para ele jogar como ele quiser e com o que ele quiser". Foi dito também que isso acontece porque o time tem total confiança em Luci e não é preciso pedir para que ele mude algum estilo de jogo que não esteja dando certo. Ranger deu como exemplo as ações de flanquear, as quais se mostraram características de Luci, mas que o jogador deixou de lado após ele ser punido por tentar este tipo de jogada.

Outros atletas, como Matheus "Professor" Leirião da Vivo Keyd, Micael "micaO" Rodrigues da INTZ, Matheus "Dynquedo" Rossini da PRG e Gabriel "Revolta" Henud da KaBuM, entraram em outros assuntos durante a coletiva e falaram sobre as partidas do sábado, situações das suas equipes na competição e afins. Tudo isso e muito mais, você pode conferir no compilado do Versus:

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Mais notícias
Guia TFT: Melhores composições e sinergias do Conjunto 3 de Teamfight Tactics
Teamfight Tactics

Guia TFT: Melhores composições e sinergias do Conjunto 3 de Teamfight Tactics

Saiba quais campões e combos priorizar para ficar em 1º nas partidas de Galáxias
Matheus Oliveira
CBLoL: "Fiquei irritado", diz Mora sobre decisão da INTZ de jogar com reservas
League of Legends

CBLoL: "Fiquei irritado", diz Mora sobre decisão da INTZ de jogar com reservas

Segundo o técnico do Santos, os intrépidos não mantiveram a integridade competitiva do CBLoL
Beatriz Coutinho
LoL: Seleção de 82, time de Mayumi, vence Logitech G Challenge
League of Legends

LoL: Seleção de 82, time de Mayumi, vence Logitech G Challenge

A grande final aconteceu no último sábado (8)
Matheus Oliveira