League of Legends

LoL: Ranger critica solo queue brasileira e jogadores comentam o assunto

Kami, Tockers, Briny, Akrinuss e mais também opinaram
@Foxer_JJ
Escrito por
Jairo Junior

Foto: Riot Games/Reprodução
Foto: Riot Games/Reprodução

Filipe "Ranger" Brombilla fez duras críticas a solo queue do Brasil no fim da noite da última sexta-feira (17). Pelo Twitter ele comentou que os brasileiros serão "eternos figurantes" no League of Legends (LoL) pois as pessoas que estão no elo mais alto não tem noção de mecânicas e técnicas do jogo. O tuíte do caçador do Flamengo dividiu opiniões e gerou debate nas redes sociais.

Leia mais:

O streamer Gustavo "Baiano" Gomes foi um dos que responderam a Ranger diretamente. Ele levantou o fato de que mesmo suporte sendo sua posição de ofício, ele já está melhor de atirador (ADC) do que muitos jogadores que tem esta função como principal. Ranger concordou e também deu o exemplo de Felipe "Luskka" Rentechen, que é atirador e, quando precisa jogar na rota do topo, se sai melhor do que diversos toplaners.

Gabriel "tockers" Claumann usou a soloQ da Coreia do Sul como referência e afirmou que a nossa "não é competitiva". O até então ex-pro player fez um comparativo entre as regiões e disse que um jogador sem as noções que Ranger colocou em pauta não consegue passar de Diamante na Coreia, enquanto no Brasil não é preciso nada disso para chegar ao Desafiante. Ele também completou que por aqui "não tem o incentivo pra aprender ".

Outros membros do cenário discordaram da colocação de Ranger e trouxeram a premissa de que jogadores casuais não ganham para jogar e, por isso, não tem a obrigação de treinar qualquer fundamento do game. Sendo assim, se mesmo sem treinar e conhecer algumas mecânicas e técnicas ele consegue chegar ao Challenger, isso não pode se transformar em uma culpa sobre ele.

Gabriel "Kami" Bohm foi um dos que levantou esta bandeira e disparou: "Concordo que o nível da nossa solo queue não é alto. Não concordo que isso tenha a ver com nosso desempenho internacional". Ele também levantou a hipótese de talvez ser parte deste problema já que pensa assim, mas também não deixou de criticar Ranger: "Não posso deixar de achar que é hipocrisia cobrar comprometimento de jogador de solo queue quando é difícil até controlar o dedo no Alt + F4". Ele também finalizou pedindo para as pessoas serem a mudança que elas querem ver.

Raphaela "Briny" Laet foi mais uma que se pronunciou e disse que não concorda que pessoas que jogam LoL para se descontrair de uma vida conturbada e por puro lazer tenham que sofrer com expectativa de pro players e afins. A streamer também criticou as organizações profissionais pela inércia que demonstram diante da questão: "O mais louco de toda essa situação e que me espanta, é que como as organizações com tanto dinheiro e (quando querem) planejamento, não trazem cenários e situações melhores para os atletas, já que é indiscutível de como a soloQ é frustrante pra maioria. Esperemos o pós-covid".

Corroborando com o que Briny disse, Eduardo "Akrinuss" Chung comentou que há diversas pessoas em elos altos que estão em condições adversas de equipamento e internet e que ainda trabalham diariamente. De acordo com ele, não é justa a cobrança e comparação com profissionais: "Como alguém pode exigir o mesmo conhecimento teorico de quem é pago pra jogar e tem coach?".

Henrique "Keio" Lacerda apontou que esta cobrança de jogar bem e com seriedade deve estar em cima apenas dos profissionais e criticou o fato de nem eles levarem as ranqueadas tão a sério: "Se tem mais de 100 proplayers no tier 1/2, que possuem acesso a conhecimento de macro e ainda podem jogar duo entre si, o mínimo que eu espero é que os 100 melhores jogadores da soloq sejam eles. alguem que joga o jogo pra se divertir não tem obrigação alguma de tryhardar".

Rodrigo "Kalec" Rodrigues não concordou e explicou que não existem 200 pro players no país para "impedir" que jogadores casuais cheguem ao challenger.

Mais jogadores, treinadores, streamers e diversas pessoas da comunidade entraram no assunto. Os nomes de Ranger e Kami chegaram inclusive a ficar nos assuntos do momento do Twitter, apenas com as menções dentro desta temática. Mas e você, nosso leitor, o que acha sobre tudo isso? Concorda com Ranger? Discorda? Deixe sua opinião abaixo, nos comentários.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Tags Relacionadas
League of Legends
Mais notícias
Mundial de LoL: Meio da SUP fala sobre vitória contra MAD Lions e expectativas contra UOL
League of Legends

Mundial de LoL: Meio da SUP fala sobre vitória contra MAD Lions e expectativas contra UOL

Bolulu também comentou escolhas do draft e elogiou jogadores da INTZ
Beatriz Coutinho
LoL: Elise e Amumu podem receber novas skins de Halloween
League of Legends

LoL: Elise e Amumu podem receber novas skins de Halloween

A hora dos doces ou travessuras se aproxima
Matheus Oliveira
LoL: Dopa deixará filas ranqueadas coreanas em breve para entrar no exército
League of Legends

LoL: Dopa deixará filas ranqueadas coreanas em breve para entrar no exército

Lenda do servidor sul-coreano cumprirá serviço militar obrigatório
Beatriz Coutinho