League of Legends

LoL: O que deu errado com o Flamengo no Mundial?

Confira nossa análise da campanha do time no torneio
@helenavnogueira
Helena Nogueira
escreve para o Versus.

Em 2019, o Flamengo eSports foi o representante brasileiro no Mundial de League of Legends (LoL). O time disputou a Fase de Entrada em Berlim, na Alemanha. A competição contou com 12 equipes divididas em quatro grupos e a line-up de Felipe "brTT" Gonçalves foi sorteada no Grupo D, em que enfrentou os sul-coreanos da Damwon Gaming e os turcos da Royal Youth e foi eliminada com uma vitória e quatro derrotas.

Mais uma vez, um time brasileiro deixou a disputa ainda na primeira fase do torneio. Porém, o que aconteceu de errado para que o Flamengo não avançasse na competição? O que faltou para que a line-up garantisse seu lugar na Fase de Grupos?

O Versus analisou os jogos da equipe e deu a sua opinião sobre o assunto. Para conferir nossa análise do desempenho dos brasileiros, é só dar play no vídeo acima.

Não esqueça de se inscrever em nosso canal do YouTube e de seguir o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram.

Mais notícias
Review: Wild Rift é a experiência perfeita do LoL para mobile
Wild Rift

Review: Wild Rift é a experiência perfeita do LoL para mobile

O pré-registro do game já está disponível na Google Play Store
Matheus Oliveira
Wild Rift: Como fazer o pré-registro de League of Legends Mobile
Wild Rift

Wild Rift: Como fazer o pré-registro de League of Legends Mobile

Garanta o seu acesso para quando os testes beta começam
Matheus Oliveira
LoL: Riot Games terá produtos em parceria com Riachuelo, Piticas e Panini na CCXP
League of Legends

LoL: Riot Games terá produtos em parceria com Riachuelo, Piticas e Panini na CCXP

Editora galera publicará livro Reinos de Runeterra e Tilibra produzirá cadernos do MOBA
Helena Nogueira