League of Legends

LoL, Notas da Atualização 9.23: Rifts Elementais e Dragões renovados mudam tudo

Veja as principais novidades da pré-temporada 2020
@luccabucks
Escrito por
Matheus de Lucca
Foto: Riot Games/Reprodução
Foto: Riot Games/Reprodução

A atualização 9.23 chegou a League of Legends com uma enorme leva de conteúdo, incluindo as principais mudanças que prometem causar grande impacto no gameplay de LoL. As novidades mais importantes são os Rifts Elementais, que reformulam o mapa durante as partidas de acordo com os Dragões, novos itens, rework em runas essenciais e mais. Confira neste artigo tudo o que você precisa saber sobre a pré-temporada 2020.

Leia mais

A partir da Temporada 10 Summoner's Rift nunca mais será o mesmo, graças aos Dragões Elementais, cujos efeitos também foram alterados. Além disso, as rotas laterais receberam alcovas e o mapa conta com novos arbustos.

Rifts Elementais

  • Mecânicas de transformação: Depois que o segundo Dragão Elemental morrer e o terceiro for anunciado
  • Elemento do mapa: O mesmo elemento do terceiro dragão
  • Territorial: Quando o mapa se transformar, todos os Dragões Elementais que surgirem serão apenas daquele elemento
  • Mudanças no terreno: Sempre ocorrem nos quatro quadrantes da selva, centradas ao redor dos acampamento com efeitos e no covil do dragão

Rift Infernal

1/2
Novos caminhos abrem oportunidades para uma rápida investida pelo flanco...
Novos caminhos abrem oportunidades para uma rápida investida pelo flanco...
ou para uma esquiva que seu oponente não estava esperando.
ou para uma esquiva que seu oponente não estava esperando.
  • Selva: Os arbustos mais próximos aos Azuporãs e Rubrivira queimam e novos caminhos se abrem através dos acampamentos
  • Covil do Dragão: A entrada do covil fica mais larga

Rift da Montanha

1/2
Espaços extremamente apertados proporcionam mais oportunidades para combos de área de ação...
Espaços extremamente apertados proporcionam mais oportunidades para combos de área de ação...
e criam alguns pontos cegos interessantes na Névoa de Guerra.
e criam alguns pontos cegos interessantes na Névoa de Guerra.
  • Selva: Duas novas inclinações rochosas emergem em cada quadrante da selva
  • Covil do Dragão: Uma formação rochosa surge na frente do covil

Rift do Oceano

1/2
Espreite pela selva...
Espreite pela selva...
ou crie uma estratégia de emboscada.
ou crie uma estratégia de emboscada.
  • Selva: A maioria dos arbustos da selva fica maior e novas plantas com Frutomel surgem perto dos acampamentos com efeito. Poças de água se acumularão pela selva, uma questão mais estética, a não ser que você seja a Imperatriz dos Elementos ou esteja utilizando a runa Caminhar sobre as Águas.
  • Covil do Dragão: Novos arbustos surgem ao redor do covil

Rift das Nuvens

1/2
Esquive de disparos de precisão...
Esquive de disparos de precisão...
ou se aproxime rapidamente de inimigos que estiverem tentando desviar de um alvo distante.
ou se aproxime rapidamente de inimigos que estiverem tentando desviar de um alvo distante.
  • Selva: Correntes de ar percorrem as áreas ao redor do Azuporã e Rubrivira, concedendo aumento de Velocidade de Movimento para todos que estiverem dentro delas
  • Covil do Dragão: O covil também se torna um túnel de vento que aumenta a velocidade

Alcovas nas rotas laterais

1/2
Adicionaremos duas novas alcovas ao Rift, uma em cada rota lateral.
Adicionaremos duas novas alcovas ao Rift, uma em cada rota lateral.
Não esperamos que a fase de rotas mude completamente por conta disso, mas o terreno adicional e seu impacto na linha de visão devem oferecer novas oportunidades.
Não esperamos que a fase de rotas mude completamente por conta disso, mas o terreno adicional e seu impacto na linha de visão devem oferecer novas oportunidades.
  • Vista espetacular da morte: As novas alcovas foram posicionadas nos limites externos da rota superior e da rota inferior
  • Arbusto na rota inferior: Deixa de ter dois longos arbustos para ter três novos arbustos, espelhando a rota superior

Arbusto na entrada do rio

1/2
Adicionamos novos arbustos próximos às rampas dos Azuporãs que levam ao rio.
Adicionamos novos arbustos próximos às rampas dos Azuporãs que levam ao rio.
Assim, adicionaremos mais opções estratégicas e táticas para que as equipes abordem e contestem objetivos.
Assim, adicionaremos mais opções estratégicas e táticas para que as equipes abordem e contestem objetivos.
  • Cadê aquele Garen? Novos arbustos foram adicionados às entradas do rio em ambos os quadrantes dos Azuporãs

Dragões Elementais

Uma das maiores novidades são as Almas de Dragões, que são efeitos concedidos ao primeiro time que abater quatro dragões. A eficiência destes buffs são grandes e comparáveis à de um objetivo épico, como o Barão ou o Arauto, e são permanentes. O elemento da Alma corresponde ao elemento do Rift,

O Dragão Ancião só começa a surgir depois que uma equipe recebe uma Alma de Dragão, ou seja, apenas um dos times pode ter a Alma.

Alma Infernal

  • A cada 3s, seu próximo ataque ou habilidade de dano em uma unidade inimiga ativa uma pequena explosão, causando 90 (+0,25 de Dano de Ataque adicional) (+0,15 de Poder de Habilidade) (+0,03 de Vida adicional) de dano ao alvo e a inimigos próximos

Alma da Montanha

  • Ao ficar sem sofrer dano por 5s, recebe um escudo de 225 (+0,2 de Dano de Ataque adicional) (+0,15 de Poder de Habilidade) (+0,15 de Vida adicional)

Alma do Oceano

  • Causar dano a inimigos cura você em 180 (+0,4 de Dano de Ataque adicional) (+0,25 de Poder de Habilidade) (+0,1 de Vida adicional) e restaura 90 (+0,04 da Mana máxima) de Mana ao longo de 3s
  • Dano contra tropas ou monstros regenera com 30% de efetividade

Alma das Nuvens

  • Recebe passivamente 10% de Velocidade de Movimento aumentada
  • Depois de conjurar sua ultimate, recebe 30% de Velocidade de Movimento adicional por 3s (30s de Tempo de Recarga)

Além disso, os buffs concedidos no abate de cada dragão foram alterados.

Infernal

  • De +10/17/24% de Dano de Ataque e Poder de Habilidade para +5/10/15/20% de Dano de Ataque e Poder de Habilidade

Montanha

  • Deixa de conceder +16/23/30% de Dano Verdadeiro adicional contra monstros épicos e torres para dar +8/16/24/32% de Armadura e Resistência Mágica

Oceano

  • Deixa de conceder 6/9/12% de Regeneração de Mana e de Vida perdida a cada 5s quando não tiver sofrido dano de Campeões/torres nos últimos 8s para dar apenas 5/10/15/20% de Regeneração de Vida perdida a cada 5s (Regeneração de Mana removida)

Nuvem

  • Deixa de conceder +3/4,5/6% de Velocidade de Movimento adicional (triplicada quando fora de combate) para dar 10/20/30/40% de RTR da ultimate, ignorando o limite de RTR

Por fim, a mecânica de surgimento de dragões foi alterada. Agora, os três primeiros sempre serão de elementos distintos e, depois disso, todos os próximos serão do mesmo elemento do terceiro.

Dragão Ancião

O efeito do Dragão Ancião deixa de multiplicar os buffs dos elementais e o dano de queimadura não revela mais os inimigos. Em contrapartida, a mecânica do buff do Ancião agora executa os alvos que estão com menos de 20% de HP máximo.

Por fim, o buff do Dragão Ancião passa a durar três minutos, igual ao do Barão.

No vídeo acima você confere as principais novidades que prometem balançar o meta de League of Legends durante a pré-temporada 2020.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Tags Relacionadas
League of Legends
Mais notícias
Mundial de LoL: "Foi um péssimo início", lamenta RedBert sobre estreia da INTZ
INTZ

Mundial de LoL: "Foi um péssimo início", lamenta RedBert sobre estreia da INTZ

Intrépidos perderam dois jogos no primeiro dia do Worlds 2020
Beatriz Coutinho
LoL: INTZ é derrotada pela Legacy Esports no Worlds 2020
League of Legends

LoL: INTZ é derrotada pela Legacy Esports no Worlds 2020

Brasileiros fecham primeiro dia da Fase de Entrada com duas derrotas
Helena Nogueira
LoL: INTZ perde para MAD Lions e abre Worlds 2020 com derrota
League of Legends

LoL: INTZ perde para MAD Lions e abre Worlds 2020 com derrota

Equipe brasileira enfrenta Legacy Esports ainda nesta sexta-feira (25)
Helena Nogueira