League of Legends

LoL: Flamengo confirma esA como novo suporte

Organização vai disputar o Circuito Desafiante em 2018
@thais.stagni
Escrito por
Thais Stagni
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O Flamengo revelou na última terça-feira (6) que o pro player Eidi ''esa'' Yanagimachi será o suporte de sua line-up de League of Legends em 2018.

Leia mais sobre League of Legends:

Em um comunicado oficial, o jogador revelou que sempre gostou "de ajudar meu time dentro e fora de jogo. A vontade de jogar numa nova posição em que eu pudesse explorar isso surgiu de forma espontânea e a experiência me realizou muito."

Foto: Flamengo/Twitter
Foto: Flamengo/Twitter

"Estaremos disputando a Challenger Series para nos prepararmos o suficiente para o segundo semestre", declarou o novo suporte da equipe. "Nosso objetivo é o topo e não darei menos do que o melhor de mim para chegar lá. É um orgulho imenso ter a oportunidade de representar o clube Flamengo, de tanto peso e tradição."

A primeira contratação da equipe rubro-negra para a sua line-up de League of Legends foi o treinador Gabriel "MiT" Souza. Nesta segunda-feira (4), Thúlio "sirT" Carlos também foi confirmado no time, na posição de caçador.

O clube vai jogar o Circuito Desafiante na primeira temporada de 2018, após adquirir a vaga da Merciless Gaming e tem pretensões de conquistar o cenário com um grande time.

Thaís Stagni é redatora do Versus. Siga-a no Twitter.

Tags Relacionadas
League of Legends
Mais notícias
Mundial de LoL: Nicks e elos dos jogadores da INTZ nas ranqueadas chinesas
League of Legends

Mundial de LoL: Nicks e elos dos jogadores da INTZ nas ranqueadas chinesas

Intrépidos disputarão o Worlds 2020 de League of Legends
Beatriz Coutinho
Guia Mundial de LoL 2020: Times, agenda, transmissão e mais
League of Legends

Guia Mundial de LoL 2020: Times, agenda, transmissão e mais

INTZ será a representante brasileira na Fase de Entrada do Worlds 2020
Beatriz Coutinho
LoL: Final do Mundial 2020 pode ter pequena audiência presencial
League of Legends

LoL: Final do Mundial 2020 pode ter pequena audiência presencial

Possibilidade dependerá da situação da pandemia durante a final do torneio
Beatriz Coutinho