League of Legends

LoL: Flamengo atropela T Show e enfrenta IDM Gaming na final do Circuito Desafiante

#GOFla!
@helenavnogueira
Escrito por
Helena Nogueira
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O Flamengo está classificado para a grande final do primeiro split do Circuito Desafiante 2018. Em uma semifinal aquecida, a equipe dominou a série e venceu a T Show por 3 a 1 na noite desta quinta-feira (29). Com a vitória, o rubro negro disputa o título com a IDM Gaming no sábado (31).

Leia mais:

1/4
Picks e bans da primeira partida. Foto: Reprodução
Picks e bans da primeira partida. Foto: Reprodução
Pick e bans da segunda partida. Foto: Reprodução
Pick e bans da segunda partida. Foto: Reprodução
Picks e bans da terceira partida. Foto: Reprodução
Picks e bans da terceira partida. Foto: Reprodução
Picks e bans da quarta partida. Foto: Reprodução
Picks e bans da quarta partida. Foto: Reprodução

A primeira partida começou com o Flamengo avançando à todo vapor. Chamando os adversários para team fights, em que saia dominante, a equipe rubro-negra teve o jogo na mão desde o primeiro abate.

Resistindo ao atropelo, a T Show tentou levar o primeiro barão mas teve o mesmo roubado pela Cassiopéia de Thúlio “sirT” Carlos, que ficou com o MVP. A vantagem em ouro logo se tornou gritante e o avanço incisivo do Flamengo não pode ser contido: GG aos 34 minutos.

Ainda em ritmo acelerado, a equipe de Felipe “brTT” Golçalves abriu o segundo confronto da série com gank na rota do topo, dessa vez nas mãos do coreano Park “Jisu” Jin-cheol. Na defensiva, os bodes passaram a evitar as iniciações mas, sem evoluir nos objetivos, ficou em desvantagem.

Com wards espalhadas e um número crescente de kills, o Flamengo avançou sem freio para a base e derrubou o Nexus aos 37 minutos de jogo.

A terceira de série, porém, não veio barato: sob pressão, a T Show se recompôs e abriu o placar com dois abates na rota do meio. João “Zuao” Vitor Moraes passou a rotacionar o mapa e comandar as iniciações, castigando o rubro negro.

Provocada, a T Show passou a atacar fervorosamente, tomando a posse do destino da partida. Aos 23 minutos, a equipe levou o primeiro barão com um ace. Dominando em ouro e kills, os bodes levaram o segundo barão e a base adversária não foi páreo ao avanço. Vitória aos 40 minutos.

Os bodes entraram pela quarta vez no Summoner's Rift revigorados pela vitória. Conquistando o first blood na rota inferior, a equipe manteve o desempenho do confronto anterior.

Próximos confrontos

Sábado (31/03) - Grande final

13h - Ilha da Macacada Gaming contra Flamengo eSports

Helena Nogueira é repórter do Versus. Siga-a no Twitter.

Tags Relacionadas
League of Legends
Mais notícias
LoL: Séries de promoção entre divisões do mesmo elo serão removidas em 2021
League of Legends

LoL: Séries de promoção entre divisões do mesmo elo serão removidas em 2021

Serão necessários apenas 100 pontos de liga para subir
Matheus de Lucca
CBLoL: Calendário do 2º split é divulgado; Pain e Flamengo estreiam retorno
CBLoL

CBLoL: Calendário do 2º split é divulgado; Pain e Flamengo estreiam retorno

Novo split estreia no sábado (6)
Beatriz Coutinho
LoL: Os cinco recordes mais absurdos do MOBA
League of Legends

LoL: Os cinco recordes mais absurdos do MOBA

De 694 abates a mais de 2 mil minions mortos por um único campeão
Helena Nogueira