League of Legends

LoL: “Estou confiante, mas sei que será difícil”, diz finalista brasileiro do Red Bull Player One

Felipe “BF991” Gonçalves representará o país nas finais mundiais do campeonato
@_matheusf23
Matheus Oliveira
escreve para o Versus.
Montagem: Lucas Hagui/Versus
Montagem: Lucas Hagui/Versus

Felipe “BF991” Gonçalves sagrou-se campeão da etapa brasileira do Red Bull Player One - campeonato de 1v1 em League of Legends -, e representará o país nas finais mundiais. O participante conversou com o Versus e contou sobre suas expectativas para a grande decisão.

Leia mais:

A escalada

Foram quatro classificatórias abertas para selecionar o competidor que representará o Brasil nas finais mundiais. Mais de 500 jogadores fizeram parte das qualificatórias que aconteceram entre os dias 20 de outubro e 11 de novembro.

Ao lembrar da sequência de confrontos dos quais participou e da glória da vitória na grande final, Felipe não deixou de mostrar seu orgulho:

"Foi muito bom vencer, principalmente por saber a quantidade de pessoas que estavam competindo e o quão disputado foi. Me preparei muito para jogar e realmente estudei o que fazer, então foi bem gratificante."

"Estou animado, estou confiante, mas sei que será difícil. Estarei enfrentando os melhores do mundo inteiro", completa.

Foto: Red Bull/Reprodução
Foto: Red Bull/Reprodução

Inspiração nos melhores

Um dos grandes prêmios por vencer a etapa brasileira do Red Bull Player One é a oportunidade que o campeão terá de preparar-se com a equipe de League of Legends da Red Canids, além de treinar com Felipe "Yoda" Noronha, embaixador do projeto.

"Eu estou muito animado, gosto muito de todos os jogadores da Red, nos encontramos bastante nas partidas ranqueadas. Poder treinar com eles vai me ajudar bastante. Poder passar um tempo com o Yoda é o que realmente pode ser um diferencial, por todo o histórico que ele tem com eventos de 1v1", afirma Felipe.

BF991 começou a jogar League of Legends em 2012, um dia após assistir uma partida do mundial do game daquele ano e, hoje, sua habilidade gera frutos, como a participação em uma final mundial... E muitas piadas. Afinal, não são todos que são chamados pelo mesmo nome de um dos maiores ícones do cenário no Brasil: Felipe "brTT" Gonçalves.

"Diversas brincadeiras surgem com meu nome, ainda mais jogando como atirador também, me chamam de 'brTT de Mirassol' [cidade de São Paulo onde vive Felipe]", conta. "É claro que ele [brTT] é também uma grande inspiração."

Um sonho, uma oportunidade

A grande final mundial do Red Bull Player One será sediada no Brasil em 2018, o que faz com que muitos dos holofotes se voltem para o representante local.

Ao todo, 14 países serão representados na decisão e, a cada passo caminhado dentro do torneio, mais oportunidades aparecem. Um dos grandes exemplos de sucesso do torneio é Júlio Cesar "NOsFerus" Cruz, destaque brasileiro em 2017, que atualmente joga pelo Santos eSports.

Felipe também enxerga o palco da final mundial como uma oportunidade de ouro: "Tenho o sonho e é meu objetivo algum dia viver de games. Acredito que a oportunidade que a Red Bull oferece, de interagir com a Red Canids e principalmente com o Yoda, pode me ajudar muito."

"Vai ser minha primeira vez jogando com torcida, já joguei em eventos antes mas nunca com uma plateia do tamanho que acredito que será a do Player One", completa.


As finais do Red Bull Player One acontecem entre os dias 14 e 15 de dezembro, em São Paulo. Além do representante brasileiro Felipe "BF991" Gonçalves, a decisão terá jogadores da Irlanda, Portugal, Eslovênia, Kosovo, Colômbia, Peru, Chile, México, Emirados Árabes Unidos, Suécia, Grécia, Kuwait, Jordânia e Sérvia.

Prontos para torcer pelo Brasil? O evento será transmitido nos canais do Versus no YouTube, Facebook e Twitch.

Matheus Oliveira é redator do Versus. Siga-o no Twitter.

Tags Relacionadas
League of LegendsMOBA
Mais notícias
TFT: Rakin deixará de participar da final mundial do Twitch Rivals
Teamfight Tactics

TFT: Rakin deixará de participar da final mundial do Twitch Rivals

Jogador pode mudar de plataforma em breve
Beatriz Coutinho
LoL: Bug de camuflagem reduz vida de Neeko
League of Legends

LoL: Bug de camuflagem reduz vida de Neeko

Neeko ficou com menos vida que um minion
Matheus Oliveira
LoL: Técnico Hiro e topo Wizer são dispensados da Kabum
League of Legends

LoL: Técnico Hiro e topo Wizer são dispensados da Kabum

Coreanos retornarão ao seu país de origem
Beatriz Coutinho