League of Legends

LoL: Eradan, Ace, Blacky, Mestre e Lannik são os campeões do Gillette ULT; Bgob é escolhido como 6º vencedor

Jogadores serão analisados por Pain e INTZ para contratação
@helenavnogueira
Helena Nogueira
escreve para o Versus.
Foto: Bruno Silva/Versus
Foto: Bruno Silva/Versus

Os grandes campeões do Gillette ULT foram coroados. Neste sábado (8), aconteceu na Gillette eSports Arena, em São Paulo (SP), a final da primeira temporada do Gillette ULT, primeiro reality show de League of Legends do Brasil. Após o confronto entre equipe preta e branca, foi definido que Eradan, Ace, Blacky, Mestre e Lannik foram os vencedores - com uma reviravolta: Bgob é o sexto campeão do programa.

Leia mais sobre Gillette ULT:

Para a final, os finalistas foram divididos em dois times. A equipe preta foi formada por André "Eradan", Lucas "Ace", Matheus "Blacky", Rai "Mestre do Kpop" e Julio "Lannik", e a equipe branca por Nelson "Fiora Mechanics", Bruno" Bgob", Bruno "Pickkn", Yan "Yan" e Ronaldo "Rot".

A primeira partida foi dominada pela equipe preta, que se destacou com boas iniciações e combates em grupo. Com muita agressividade e destreza por parte Eradan e Mestre, o time manteve grande vantagem em abates, ouro e torres durante toda a disputa e, após conquistar o barão, seguiu para base e derrubou o Nexus aos 32 minutos.

O segundo confronto contou com a resposta da equipe branca. Mais agressivo, o time de Fiora Mechanics respondeu à altura nos combates e, mesmo liderando no placar de abates e contando com buffs elementais, ambas as line-ups ficaram parelhas em ouro e torres. Porém, um triple kill do Mestre e a conquista do barão viraram as chances para a equipe preta, que levou a base aos 39 minutos.

Por fim, a terceira disputa foi aberta com o time de Eradan liderando em ouro e abates. Conquistando torres e dragões, a equipe manteve a liderança e conduziu o ritmo de jogo. Não satisfeita, a line-up adversária pressionou e avançou no placar, mas o barão conquistado levou o time preto a vitória aos 35 minutos.

Com o fim dos jogos, foi definido que Eradan, Ace, Blacky, Mestre e Lannik foram os vencedores. A Pain Gaming escolheu analisar Eradan e Mestre, enquanto que a INTZ optou por Blacky, Lannik e Ace. Cada jogador recebeu a premiação de R$ 10 mil e será avaliado pela Pain Gaming e INTZ, podendo ser contratado como pro player de League of Legends.

Além disso, foi revelado que um último campeão se uniria aos cinco jogadores, e este mérito ficou com Bgob, que será analisado pela Pain.

O Gillette ULT começou a ser transmitido no dia 14 de novembro e, ao longo de um mês, selecionou os melhores entre 20 participantes que possuem o sonho de tornarem-se competidores profissionais.

Os candidatos foram submetidos a desafios envolvendo mecânicas e pensamento estratégico dentro do game, além de contar com apoio e treino de conhecidos nomes do cenário competitivo brasileiro: Gabriel "MiT" Souza e Thiago "Djoko" Maia atuando como técnicos, e Gabriel "Kami" Santos e Murilo "takeshi" Alves como mentores. Ao longo dos quatro episódios, transmitidos sempre às quartas-feiras, às 19h, os jurados decidiram os vencedores na final presencial deste sábado (8).



Helena Nogueira é repórter no Versus. Siga-a em @helenavnogueira.

Tags Relacionadas
League of Legends
Mais notícias
Tudo sobre o Projeto A, novo FPS da Riot Games
League of Legends

Tudo sobre o Projeto A, novo FPS da Riot Games

Os mundos de CS:GO e Overwatch unidos da melhor forma possível
Matheus Oliveira
Wild Rift: Riot diz possíveis requisitos mínimos para o novo LoL mobile
Wild Rift

Wild Rift: Riot diz possíveis requisitos mínimos para o novo LoL mobile

Jogo rodará em iPhone 5S e Samsung Galaxy A7
Helena Nogueira
LoL: Depois de Senna, próximos campeões serão atirador de Targon e colosso de Ionia
League of Legends

LoL: Depois de Senna, próximos campeões serão atirador de Targon e colosso de Ionia

Tem ainda um caçador excêntrico e um carregador corpo a corpo vindo por aí
Jairo Junior