League of Legends

LoL: "Estamos estudando sobre a continuidade do time", diz organização da Unity após assalto

A GH do time foi invadida na noite de terça (10)
@helenavnogueira
Escrito por
Helena Nogueira
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Um grande infortúnio aconteceu com a Unity Telecom E-Sports nesta terça-feira (10). A equipe de League of Legends da organização teve sua gaming house invadida por assaltantes em Niterói, no Rio de Janeiro. O Versus conversou com o time para saber dos detalhes sobre a recuperação e os próximos passos da equipe, que treinava para disputar as qualificatórias do Circuito Desafiante.

Leia mais sobre Lol:

O susto veio de espreita na madrugada. A staff estava em reunião e os jogadores treinavam quando a campainha tocou. Alguns membros tinham pedido pizza, e os assaltantes renderam o motoboy e invadiram a gaming house. "Nos mantiveram no quarto olhando pro chão por volta de duas horas enquanto faziam a limpa", conta Gabriel Marvila, sócio da organização.

"Por sorte eles não viram o nosso life coach, que ficou escondido e pulou o muro quando teve oportunidade e ligou para a polícia, que chegou e ficou esperando eles saírem. Na hora de ir embora, eles levaram uma refém, houve troca de tiros mas eles conseguiram salvar a menina e prender três dos quatro caras que estavam na ação."

No facebook, a organização divulgou o ocorrido à comunidade. Confira o pronunciamento abaixo:

Segundo Ana Paula Schuch Dias, diretora de comunicação da Unity, considerável parte do assalto foi recuperada, mas ainda houve prejuízo para a organização.

Ela explica que a diretoria ainda está decidindo o que será feito com a equipe de LoL: "Nesse caso [após o ocorrido], estamos decidindo como será feito, porque alguns jogadores querem voltar para casa - o que é natural, eles sofreram muito com isso. Alguns deles estão na faixa dos 17 ou 18 anos."

Com isso, o futuro da equipe é incerto.

"Ainda estamos estudando sobre a continuidade do time na organização", explica Gabriel, que confirma que os pro players terão apoio psicológico. "Nesse momento, estamos cuidando da transição de cada um deles para o conforto da casa dos pais."

A Unity já tomou providências a respeito da situação e a gaming house já conta com reforços de vigilância. Ao Versus, Ana Paula confirmou que a casa terá segurança privada, patrulha, câmeras e cerca elétrica: "Teremos segurança física dentro e fora da casa, acionamos por patrulhas, instalamos segurança eletrônica e estamos estudando a possibilidade de cães de guarda."

A line-up da Unity é formada por:

Paulo "Pawllera" Gabriel - caçador

Gustavo "Guspfc" Passos - meio

Igor "Radiancy" Valente - topo

Raphael "Raven" Sancio - atirador

Antônio "Nano" Neto - suporte

Yuri "solid" Miranda - meio

Helena Nogueira é repórter no Versus. Siga-a no Twitter.

Tags Relacionadas
League of Legends
Mais notícias
LoL: Flamengo Esports terá novo gaming office na ON e-Stadium
League of Legends

LoL: Flamengo Esports terá novo gaming office na ON e-Stadium

É o primeiro fruto da parceria entre o Rubro Negro e o maior complexo de esports da América Latina
Jairo Junior
China suspende eventos esportivos internacionais até o fim do ano
Esports

China suspende eventos esportivos internacionais até o fim do ano

Não fica claro se a medida também afeta competições de esports
Matheus de Lucca
LoL: Nuddle é o novo head coach do Flamengo Esports
League of Legends

LoL: Nuddle é o novo head coach do Flamengo Esports

Djoko também segue trabalhando com o time
Jairo Junior