League of Legends

LoL: CNB anuncia line-up para SuperLiga 2018 com Turtle de técnico

Muitos jogadores do Circuito Desafiante entraram na equipe
@lucas.hagui
Escrito por
Lucas Hagui
Foto: Reprodução/Riot Games Brasil
Foto: Reprodução/Riot Games Brasil

O cenário competitivo de League of Legends no Brasil está recebendo grandes mudanças para a SuperLiga 2018. A equipe CNB anunciou grandes alterações, reforçando a line-up com três novos jogadores e a mudança do ex-caçador Gabriel “Turtle” Peixoto para a função de técnico.

Leia mais:

Após a saída de Rafael "Rakin" Knittel, Gustavo "Baiano" Gomes, Leonardo "Robo" Alves e Bruno “Brucer” Pereira, os blumers anunciaram a contratação de Francisco “Duclou” Duclou, Eduardo “Aslan” Nunes e Gabriel “Hawk” Gomes.

As três novas contratações são do Circuito Desafiante, com Duclou chegando da Submarino Stars, Aslan da Operation Kino e Hawk da WP Gaming.

A line-up da CNB está composta por:

  • Francisco “Duclou” Duclou
  • Yan “Yampi” Petermann
  • Benjamin “Hy0g4” de Barb
  • Eduardo “Aslan” Nunes
  • Pablo “pbo” Yuri
  • Vinícius “bydeki” Hideki
  • Gabriel “Hawk” Gomes
  • Gabriel “Turtle” Peixoto - técnico

A CNB jogará a SuperLiga 2018 no Grupo A, junto com Vivo Keyd, ProGaming, Santos, Bulldozer e Falkol. O torneio terá início no dia 9 de novembro, com a grande final no dia 23 de dezembro. Os jogos começarão às 18 horas nas sextas-feiras e às 20:30 nos finais de semana.

Lucas Takashi é redator do Versus. Siga-o no Twitter em @IugahTK.

Tags Relacionadas
League of Legends
Mais notícias
LoL: Team One e RED disputarão final do 2º split do Circuito Desafiante 2020
League of Legends

LoL: Team One e RED disputarão final do 2º split do Circuito Desafiante 2020

Grande final será em 15 de agosto, próximo sábado
Beatriz Coutinho
TIM Live renova patrocínio com paiN Gaming
Mercado

TIM Live renova patrocínio com paiN Gaming

A parceria engloba as line-ups de LoL, CS:GO e Valorant
Matheus de Lucca
Roberto Iervolino deixa comando da Riot Games Brasil
Mercado

Roberto Iervolino deixa comando da Riot Games Brasil

Após sete anos no cargo, Iervolino deixa a posição de country manager
Beatriz Coutinho