League of Legends

LoL: Cloud9 e Fnatic garantem vaga nas semifinais do Mundial 2018

Top 4 não terá equipes sul-coreanas
@biaacoutinhoo
Beatriz Coutinho
escreve para o Versus.
Imagem: Riot Games
Imagem: Riot Games

O último dia de disputas das quartas de final do Mundial 2018 de League of Legends foi tão cheio de surpresas quanto o primeiro. Após vencer a grandiosa sul-coreana Afreeca Freecs, a Cloud9 conquistou sua vaga nas semifinais do torneio, assim como a Fnatic, que derrotou a Edward Gaming por 3 a 1.

Leia mais:

A primeira série da madrugada de domingo (21), foi entre a norte-americana Cloud9 e a sul-coreana Afreeca Freecs, que foi totalmente controlada pela C9, que esteve sempre à frente com a vantagem, principalmente em ouro e abates.

Em seguida, os coreanos voltaram fortes e ficaram boa parte do jogo com a C9 nas mãos, até uma jogada errada no topo que custou tudo o que a equipe havia conquistado até aquele momento. Após vitória da Cloud9, o terceiro jogo também começou acirrado, mas aos poucos a equipe de Zachary "Sneaky" Scuderi tomou o controle e destruiu o Nexus adversário, firmando-se no Mundial como uma boa surpresa para o cenário norte-americano, ao garantir um vaga nas semifinais do torneio.

Imagem: Riot Games
Imagem: Riot Games

Em seguida, a segunda série do dia ficou por conta de Fnatic e Edward Gaming. No primeiro jogo, a EDG saiu com a vitória graças à LeBlanc de Lee "Scout" Ye-chan, que fez a Fnatic sofrer. Em seguida, um jogo totalmente diferente do primeiro tomou conta de Summoner's Rift, com a Fnatic jogando muito bem com o caçador Mads "Broxah" Brock-Pedersen, assumindo boas rotações e por fim, garantindo a vitória.

Após o empate, o terceiro jogo foi bastante acirrado. Já na reta final, a Fnatic tentou fazer o Barão, mas teve o bônus roubado pela EDG, que foi bonito, mas não eficiente, pois logo depois a equipe perdeu uma luta e na desvantagem em número de jogadores, acabou vendo seu Nexus ser destruído rapidamente.

No quarto jogo da série, a EDG teve um desenvolvimento bem melhor que a Fnatic, mas aos 30 minutos, quando os chineses foram tentar fazer o Barão, a Fnatic teve sua revanche pelo bônus da partida anterior, pois teve sucesso em roubar o monstro do adversário. Aos poucos, com a vantagem necessária, a Fnatic venceu a EDG e garantiu a vaga nas semifinais.


Esta é a primeira vez desde o primeiro Mundial de League of Legends, que não há uma equipe sul-coreana nas semifinais do torneio.


Dessa maneira, os confrontos das semifinais serão: Invictus Gaming vs G2 e Fnatic vs Cloud9. As semifinais acontecerão em Gwangju, em 27 e 28 de outubro, enquanto a grande decisão será sediada em Incheon, em 3 de novembro.

Bia Coutinho é redatora do Versus. Siga-a no Twitter em @biaacoutinhoo.

Tags Relacionadas
League of Legends
Mais notícias
LoL: Esta Nami Guardiã Estelar vai conjurar uma maré no seu coração
League of Legends

LoL: Esta Nami Guardiã Estelar vai conjurar uma maré no seu coração

Essa ilustração é perfeita!
Barbara Gutierrez
LoL: ProGaming vence Keyd na final do Circuito Desafiante e está no CBLoL 2020
League of Legends

LoL: ProGaming vence Keyd na final do Circuito Desafiante e está no CBLoL 2020

Equipe marcou 3 a 1 em cima dos guerreiros
Beatriz Coutinho
LoL: Faker faz jogada insana de LeBlanc durante stream
League of Legends

LoL: Faker faz jogada insana de LeBlanc durante stream

É melhor do mundo que chama?
Matheus Oliveira