League of Legends

LoL: Cidade do Japão promoverá torneio para deficientes

Com cerca de R$ 35 mil em premiação e instalação de treinamento adaptada
@_matheusF23
Matheus Oliveira
é reporter no Versus.
Será o primeiro torneio de LoL voltado para deficientes da história. | Foto: Riot Games/Reprodução
Será o primeiro torneio de LoL voltado para deficientes da história. | Foto: Riot Games/Reprodução

A cidade de Gunma, no Japão, tomou para si o desafio de promover o primeiro torneio de League of Legends exclusivamente para os jogadores que lidam com alguma deficiência.

Leia mais:

Serão quatro times de cinco jogadores cada, disputando em 31 de agosto pela premiação de ¥ 1 milhão (cerca de R$ 35 mil), em Takasaki, cidade próxima a Tóquio.

A iniciativa é possível graças ao investimento da Onelife, empresa especializada em cuidados de pessoas com deficiência e fundadora da associação de esports de Gunma.

A organização possui, inclusive, instalações de treino adaptadas para os candidatos. A infraestrutura foi desenvolvida em novembro de 2018, como mostra a foto abaixo publicada no portal japonês Kyodonews.

Ryuya Koshizuka, jogador de 31 anos que treina nas intalações criadas pela Onelife. | Foto: Kyodonews/Reprodução
Ryuya Koshizuka, jogador de 31 anos que treina nas intalações criadas pela Onelife. | Foto: Kyodonews/Reprodução

Quatro jogadores estão treinando na instalação, usando equipamentos próprios para aqueles com limitações de movimento, como é o caso de Ryuya Koshizuka. Entrevistado pelo portal japonês, o jogador de 31 anos sofre com distrofia muscular e usa periféricos que o permitem executar ações in-game através da respiração.

Ainda tratando de inclusão por meio dos games, que tal conhecer a história da Afrogames, projeto carioca que coloca o público das comunidades para jogar? Veja o vídeo acima.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Matheus Oliveira é redator do Versus. Siga-o no Twitter.

Mais notícias
Opinião: Em seu 8º ano, CBLoL decepciona novamente pela falta de mulheres
League of Legends

Opinião: Em seu 8º ano, CBLoL decepciona novamente pela falta de mulheres

Onde estão as mulheres no principal campeonato da modalidade no país?
Beatriz Coutinho
CBLoL: Resultados de Pain vs Flamengo e confrontos do 1º dia de partidas
League of Legends

CBLoL: Resultados de Pain vs Flamengo e confrontos do 1º dia de partidas

As disputas continuam no domingo (26)
Matheus de Lucca
LoL: Tahm Kench vai ao País das Maravilhas com esta skin de Chapeleiro Maluco feita por fã
League of Legends

LoL: Tahm Kench vai ao País das Maravilhas com esta skin de Chapeleiro Maluco feita por fã

"Somos todos loucos aqui"
Helena Nogueira