LoL: Após vencer a LCK, Faker chora ao relembrar ex-colegas de time

Jogador também falou sobre o 2018 difícil da equipe
Foto: SKT/Reprodução
Foto: SKT/Reprodução

No último sábado (13), a SK Telecom T1 venceu o 1º split da liga sul-coreana de League of Legends dando fim a um período sem títulos e participações em grandes torneios. Após a final, Lee "Faker" Sang-hyeok, afirmou que estava surpreso com a campanha de sua equipe, mas que se sentia triste por não poder compartilhar daquela vitória ao lado de seus ex-colegas de time.

Leia mais:


"Em 2018, nós tivemos resultados muito ruins. Há muitos ex-jogadores do time que jogavam ao meu lado e nós perdemos alguns títulos, se tivéssemos ido melhor... Eu me sinto mal por eles não estarem aqui também", disse Faker, em entrevista após a vitória contra a Griffin.


Em 2018, a SKT T1 passou por uma má fase que deixou a equipe fora do MSI e do Mundial. Após o fracasso do time, Faker foi um dos únicos pro players que permaneceram na equipe.

Quando questionado sobre quais times ou jogadores ele gostaria de enfrentar no mundialito de 2019, Faker não mostrou dúvidas ao responder: "Tenho um grande afeto por pro players antigos, gostaria de jogar contra Doublelift se ele se classificar para o torneio".

O desejo do jogador será atendido, pois a Team Liquid venceu a TSM na final da liga norte-americana e já tem vaga garantida no MSI.

O Mid-Season Invitational 2019 acontece entre 1 e 19 de maio no Vietnã e na Taipé Chinesa. A equipe que representará o Brasil é a INTZ, que venceu o Flamengo na grande final do CBLoL, garantindo o título do 1º split.

Para saber tudo o que foi falado na entrevista coletiva da INTZ após a final contra o Flamengo, assista ao vídeo acima.


 

Bia Coutinho é redatora do Versus. Siga-a no Twitter em @biaacoutinhoo.

Tags Relacionadas
League of LegendsFaker