League of Legends

LoL: Após sistema de franquias, salários da LCS NA chegam a US$ 320 mil por ano

E isso é só a média, alguns jogadores devem ganhar muito mais!
@felipe.cardoso
Escrito por
Felipe Cardoso
© Reprodução
© Reprodução

O sistema de franquias nos campeonatos de eSports é algo relativamente novo e muitas questões foram impostas sobre o modelo. Entretanto, em menos de um ano, o salário médio dos jogadores do campeonato norte-americano de League of Legends aumentou de US$ 150 mil para US$ 327 mil ao ano, de acordo com Romain Bigeard, manager da OpTic Gaming.

Leia mais:

As informações foram divulgadas em uma entrevista do manager para o portal LiquidLegends, onde Romain conta mais informações sobre o seu trabalho e sobre o cenário internacional de LoL.

Ao ser questionado sobre o sistema de franquias e da possibilidade da Europa seguir o modelo, Romain afirma que o sistema foi um passo importante para o crescimento do cenário norte-americano e também alega que não só os salários dos jogadores aumentaram, como também o investimento em infraestrutura das organizações.

Ao todo, com o crescimento dos eSports e uma maior estabilização das ligas, as organizações tendem a se tornar mais transparentes em relação aos salários e direitos de imagem de seus jogadores.

Felipe Cardoso é analista do Versus. Siga-o no Twitter em @felpyyy.

Tags Relacionadas
League of Legends
Mais notícias
LoL: Nuddle deixa comando da RED Canids Kalunga após três splits
League of Legends

LoL: Nuddle deixa comando da RED Canids Kalunga após três splits

Técnico entrou na equipe em setembro de 2018
Beatriz Coutinho
Legends of Runeterra: Atualização 0.9.3 traz mudanças para economia e expedições
Legends of Runeterra

Legends of Runeterra: Atualização 0.9.3 traz mudanças para economia e expedições

Agora cartas de campeão serão concedidas semanalmente por meio do Cofre
Matheus de Lucca
LoL: Novo campeão pode ser de Freljord, conforme vazamento
League of Legends

LoL: Novo campeão pode ser de Freljord, conforme vazamento

O personagem supostamente se chama Aidyn e atende pela alcunha de "O Guia"
Matheus de Lucca