League of Legends

LoL: Após dominar a Oceania por 2 anos, Shernfire deixa a Dire Wolves

Caçador foi peça-chave para o domínio da equipe na OPL
@iugahtk
Lucas Hagui
escreve para o Versus.
Foto: Reprodução/Dire Wolves
Foto: Reprodução/Dire Wolves

Na última quinta-feira (18), a Dire Wolves anunciou a saída do caçador Shern "Shernfire" Tai, integrante da line-up de League of Legends. O pro player fez parte da equipe desde 2017 e se destacou pelo estilo agressivo de Graves durante os palcos internacionais, como Mundial e Mid-Season Invitational de 2017 e 2018.

Leia mais:

Confira o tweet da equipe:

No Mundial de 2018, Shernfire recebeu uma punição por mau comportamento durante a Fase de Entrada, sendo banido de jogar as duas primeiras partidas pela equipe.

Mesmo com o incidente, o caçador é conhecido por ser muito habilidoso e ter mudado o estilo de jogo da Dire Wolves, que passou a ser representante da Oceanic Pro League em todas as competições internacionais desde a sua entrada em 2017, tirando o trono da Chiefs Esports Club.

Ainda não há informações sobre o novo caçador da Dire Wolves ou a próxima equipe de Shernfire.

Acompanhe o Mundial 2018 de League of Legends, que terá os jogos das quartas de finais nos dias 20 e 21 de outubro. O primeiro jogo será entre KT Rolster e Invictus Gaming, à 1h da manhã do dia 20. Confira a agenda completa no guia que o Versus preparou.



Lucas Takashi é redator do Versus. Siga-o no Twitter em @IugahTK.

Tags Relacionadas
League of Legends
Mais notícias
LoL: Faker surpreende ao prever inimigos na moita durante partida da LCK
League of Legends

LoL: Faker surpreende ao prever inimigos na moita durante partida da LCK

Sexto sentido?
Matheus Oliveira
YoDa, TitaN e mais: 10 pro players brasileiros com o maior número de horas no LoL
League of Legends

YoDa, TitaN e mais: 10 pro players brasileiros com o maior número de horas no LoL

Quanto tempo você já gastou no MOBA?
Helena Nogueira
LoL: Brasileiro consegue bolsa de estudos nos EUA por habilidade no game
League of Legends

LoL: Brasileiro consegue bolsa de estudos nos EUA por habilidade no game

Thunderzin realizou o sonho de conciliar uma carreira nos esports com um diploma internacional
Lucas Hagui