League of Legends

LoL: Afreeca Freecs e G2 se classificam para a próxima fase do mundial

Escolhas incomuns e muito drama definem as últimas partidas do grupo A
@viniciuv
Escrito por
Vinicius V
Foto: Riot Games / Reprodução
Foto: Riot Games / Reprodução

Depois de um início conturbado e desapontador, a Afreeca Freecs, equipe representante da LCK coreana, terminou o último dia de confrontos do grupo A invicta e se classificou em primeiro lugar para a fase eliminatória do Mundial de League of Legends 2018.

Leia mais:

Dessa vez, Seohaeng "Kuro" Lee e companhia confirmaram seu favoritismo e venceram com facilidade todas as partidas que disputaram. Jax e Swain, escolhas pouco convencionais no torneio até o momento, permitiram que os coreanos saíssem da fase de grupos no topo da tabela.

O segundo lugar do grupo precisou ser definido em uma partida de desempate entre G2 Esports e Flash Wolves. Com atuações sólidas do meio Luka "Perkz" PerkoviĆ, de Irelia, e do atirador Petter "Hjärnan" Freyschuss, com o temido Heimerdinger, o time europeu levou a melhor e segue em frente na competição.

Nessa terça-feira (16), é a vez do grupo C definir o destino das equipes. Team Liquid, campeã da LCS NA, Edward Gaming, da China, e os coreanos da kt Rolster se enfrentam em um dia que promete muita emoção.

Você pode acompanhar o resultado das partidas e outras notícias do mundial no nosso guia especial.

Tags Relacionadas
League of LegendsMOBA
Mais notícias
LoL: Revolta deixa Twitch e começa a fazer streams na Nimo TV
League of Legends

LoL: Revolta deixa Twitch e começa a fazer streams na Nimo TV

Caçador está de time e plataforma nova!
Beatriz Coutinho
LoL: Jockster deixa posição de suporte para ser técnico estratégico da INTZ
INTZ

LoL: Jockster deixa posição de suporte para ser técnico estratégico da INTZ

Agora, RedBert é o único suporte da equipe
Beatriz Coutinho
LoL: Uzi anuncia aposentadoria após oito anos de carreira
League of Legends

LoL: Uzi anuncia aposentadoria após oito anos de carreira

Lesões do jogador foram uma das causas dessa decisão
Beatriz Coutinho