Comunidade

Kyo, o garoto de 12 anos que já venceu um round de Tokido

Conheça o prodígio dos jogos de luta
@_matheusf23
Matheus Oliveira
escreve para o Versus.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Quem olha para Kayky Karmaci nem imagina o lutador sagaz que existe por trás da timidez do garoto de apenas 12 anos. Mesmo tão novo, o menino já conseguiu feitos que poucos podem se gabar - como vencer um round de ninguém menos senão Hajime “Tokido” Taniguchi, um dos maiores jogadores de games de luta do mundo.

Leia mais:

Natural de Curitiba, desde cedo Kayky - ou Kyo, nick pelo qual é conhecido na comunidade - já mandava bem com o controle. "Com 3 anos de idade, eu vi ele fazendo um Hadouken, e fui ensinando o jogo para ele", diz Fabio de Andrade, pai do jogador.

Isso porque Street Fighter nem é o jogo de luta favorito do menino. Versátil, sua franquia favorita é Marvel vs Capcom, mas ele se sai muito bem com outros títulos, como Soul Calibur, Tekken, entre outros.

Se fazer um Hadouken ainda bebê não foi um problema, foi quase natural quando Kayky começou a participar de competições antes mesmo de ser completamente alfabetizado.

Como exemplo, a edição de 2012 do Treta - campeonato brasileiro de jogos de luta que acontece em Curitiba - contou com a presença de grandes nomes como Bruce “GamerBee” Hsiang, Peter “ComboFiend” Rosas e Tokido. Aos 7 anos de idade, Kyo jogou contra todos estes oponentes.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

“Já conhecia o Tokido, e cair num campeonato contra ele foi bem legal. Eu ganhei o primeiro round com a Tira [de Soul Calibur], mas ele jogava muito com a Viola, aí não consegui ganhar mais nenhuma rodada”, comenta Kayky sobre a vitória em cima de um dos cinco deuses japoneses dos fighting games. “Eu quase passei mal de tanta felicidade.”

Um ano depois, o garoto continuava chutando bundas. Na edição de 2013, o Treta recebeu o pro player Ryan Hart, um dos melhores jogadores de Tekken do mundo.

O jogo era Tekken Tag Tournament 2, e Kyo se encontrou com Ryan logo no começo da competição - e dessa vez, saiu com uma partida inteira, vencendo três rounds do famoso campeão. Depois, Hart fez uma virada e venceu a série melhor de três jogos.

O pai do menino comenta que o foco de seu filho agora está em Marvel vs Capcom: “É muito legal ver essa progressão dele, em um ele toma um round, no outro uma partida.”

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Se existe algo que é certo, é o futuro de Kayky nos jogos de luta, já que Fabio está decidido a transformar o jovem em um campeão.

“Agora eu vou apoiar meu filho, acompanhando ele pra cima e pra baixo, seja pra onde for, quero ver ele campeão. Fizemos uma promessa um pro outro,que um dia nós vamos ser vencedores juntos, 1º e 2º lugar."

Nós do Versus também torcemos para ver Kyo brilhar em seu futuro promissor!

Matheus Rodrigues é redator do Versus. Siga-o no Twitter em @_omanfred.

Mais notícias
Overwatch: Fãs criam skins inspiradas em personagens da Nintendo
Overwatch

Overwatch: Fãs criam skins inspiradas em personagens da Nintendo

Criações mostram ideias para o lançamento do jogo no Nintendo Switch
Lucas Hagui
LoL: Site mostra status recentes das ranqueadas no estilo clássico
League of Legends

LoL: Site mostra status recentes das ranqueadas no estilo clássico

Site criado por fã trará nostalgia aos jogadores
Lucas Hagui
Rainbow Six: Team Liquid anuncia HQ mensal com histórias da equipe
Rainbow Six Siege

Rainbow Six: Team Liquid anuncia HQ mensal com histórias da equipe

Histórias mensais ilustrarão a história da line-up
Lucas Hagui