Esports

Justiça exige prisão de ex-presidente da federação sul-coreana de eSports

Jeong Byung-Hun é acusado de corrupção
@biaacoutinhoo
Escrito por
Beatriz Coutinho
Jeong Byung-Hun | © Reprodução
Jeong Byung-Hun | © Reprodução

Procuradores do Ministério Público sul-coreano emitiram um mandado de prisão para Jeong Byung-Hun, ex-presidente da KeSPA, federação sul-coreana de eSports, segundo o Dot eSports.

Leia mais sobre eSports:

Byung-Hun e dois de seus ex-assessores são acusados de receber US$ 300 mil em propina, da empresa Lotte Homeshopping, rede de vendas sul-coreana, em 2015.

O dinheiro foi enviado para a conta bancária da KeSPA e de acordo com as apurações sobre o caso, seria usado para simplificar a renovação da licença de negócios da Lotte Homeshopping.

Os promotores do caso afirmam que o dinheiro foi removido da conta da KeSPA e familiares de Byung-Hun receberam diversos vouchers de compras da rede de vendas.

Em uma audiência do caso o ex-presidente da federação afirmou ser inocente. Ao se pronunciar sobre o caso, a KeSPA disse que o dinheiro não se tratava de propina, e que o valor do patrocínio era legal.

Bia Coutinho é redatora no Versus. Siga-a no Twitter.

Tags Relacionadas
Esports
Mais notícias
Prêmio Esports Brasil 2020 acontece em dezembro
Esports

Prêmio Esports Brasil 2020 acontece em dezembro

Quarta edição da premiação terá adaptações e mais jurados
Helena Nogueira
Herman Miller e Logitech lançam cadeira gamer de R$ 10,7 mil
Mercado

Herman Miller e Logitech lançam cadeira gamer de R$ 10,7 mil

Com foco na ergonomia, produto já pode ser comprado no Brasil
Beatriz Coutinho
Filha do dono da Garena e mais: 10 memes brasileiros dos esports
Esports

Filha do dono da Garena e mais: 10 memes brasileiros dos esports

Saiba a origem de memes como brTT preso, Qué Ota e mais
Beatriz Coutinho