Comunidade

Jogos mobile que merecem atenção no mundo dos eSports

Preparem seus carregadores, porque a bateria vai acabar!
@felipe.cardoso
Felipe Cardoso
é reporter no Versus.
© Reprodução
© Reprodução

O mundo dos games cresce cada vez mais em todos os aspectos, seja com estádios lotados nos esportes eletrônicos ou com a indústria mobile investindo cada vez mais nesse mercado. De olho nisso, diversas empresas começaram a investir nos eSports para dispositivos móveis - e claro, nós do Versus já testamos os melhores títulos já disponíveis no mercado.

Veja mais sobre eSports:

A acessibilidade que os jogos de celular possuem é a principal vantagem no setor: você pode jogar no conforto de sua casa ou na fila do supermercado. Além disso, com alguns ajustes no estilo dos games, como a duração das partidas e os avanços tecnológicos, o cenário mobile não deixa a desejar quando comparados a outros games mais conhecidos para PC.

Dito isso, confira nossa seleção de franquias que dominam os eSports no celulares e merecem sua atenção:

© Reprodução
© Reprodução

Clash Royale

Sendo um dos grandes fenômenos que fortaleceu ainda mais competições nos dispositivos móveis, Clash Royale foi desenvolvido pela Supercell, empresa finlandesa que pertence à Tencent, e conta com personagens do já conhecido universo de Clash of Clans.

Em 2016, os games da Supercell já contavam com mais de 100 milhões de usuários diários, e em 2017, Clash Royale registrou mais de 27 milhões de jogadores em seu principal campeonato do ano, o Crown Championship.

Além do Crown Championship, o Clash Royale também apresenta campeonatos nacionais como a Brasil Premier League da ESL, a Brasil Game Cup na BGS e a Copa EI Games.

© Reprodução
© Reprodução

Vainglory

Outro destaque nas telinhas é o MOBA desenvolvido pela Super Evil Megacorp. Seu lançamento aconteceu em 2014 e a versão beta já contabilizava cerca de 1,5 milhões de usuários mensais!

Tratando-se de eSports, Vainglory revolucionou, sendo o primeiro game a organizar campeonatos oficiais na plataforma mobile.

Em 2015, o mundial Vainglory World Invitational aconteceu na Coréia do Sul, e o torneio contou com mais de 25 mil espectadores na Twitch em sua primeira edição, além de distribuir US$ 60 mil de premiação.

Quanto ao Brasil, vale ressaltar a recente participação da Pain Gaming no mundial de Vainglory em 2017.

© Reprodução
© Reprodução

Arena of Valor

A essência dos MOBAs prevalece na nova aposta da Tencent Games, mesma proprietária de League of Legends. Com diversas similaridades com o título da Riot Games, Arena of Valor é o novo jogo mobile da empresa chinesa.

Lançado no final de 2015 na China e com as versões norte-americana, sul-americana e europeia saindo no final do ano passado, o jogo já apresenta uma grande quantidade de campeonatos internacionais e organizações famosas, como SK Gaming e Team Liquid com equipes na modalidade.

Os servidores que foram recentemente inaugurados não possuem todo o conteúdo do jogo e os heróis estão sendo anunciados aos poucos. Todavia, a franquia já foi anunciada para o Nintendo Switch e promete inovar em diversos aspectos.

© Reprodução
© Reprodução

Menção honrosa: Hearthstone

O famoso jogo de cartas da Blizzard possui uma versão mobile e facilita a experiência dos jogadores, que podem aprender mais em suas jogatinas em qualquer local.

Apesar do game ser apenas uma adaptação para os celulares - já que o mesmo foi oficialmente lançado para a plataforma PC -, muita gente aproveita as filas de banco para dar aquela estudada no deck.

E aí, você já entrou para a onda dos eSports mobile? O Brasil é o quarto maior país na venda de smartphones em todo o mundo e apresenta uma enorme quantidade de gamers nesse setor. Fica aí a deixa para experimentar e investir nessa nova modalidade!

Felipe Cardoso é analista do Versus. Siga-o no Twitter em @felpyyy.

Mais notícias
Louis Vuitton x LoL: Coleção é lançada e tem roupas de até US$ 7 mil
League of Legends

Louis Vuitton x LoL: Coleção é lançada e tem roupas de até US$ 7 mil

A grife francesa criou acessórios, roupas e até relógio inspirados no jogo
Lucas Hagui
Streamer transmite mais de 570 horas em um mês e quebra recorde mundial
Comunidade

Streamer transmite mais de 570 horas em um mês e quebra recorde mundial

Estabelecer essa marca exigiu muita preparação
Matheus de Lucca
Pesquisa revela diferença entre visão de pro players e de jogadores amadores
Esports

Pesquisa revela diferença entre visão de pro players e de jogadores amadores

Profissionais são muito mais focados no alvo
Lucas Hagui