Mercado

Japão regulamenta eSports no país e pro players poderão receber premiações de torneios

Agora vai!
@_matheusF23
Escrito por
Matheus Oliveira
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O crescimento dos eSports possui muitas barreiras a serem vencidas no Japão. Felizmente, essa realidade pode estar próxima de mudar graças à criação da chamada JeSU (Japanese Esports Union), união que regulamenta competições de games no país.

Leia mais:

Devido a diversas leis japonesas antigas, torneios com prêmios em dinheiro são tratados como "apostas", o que limita o valor recebido em diversas competições e dificulta o crescimento dos esportes eletrônicos no país.

A JeSU, que pode ser compara com órgãos como a KeSPA (Associação de e-Sports da Coreia do Sul), permite que empresas nomeiem jogadores para receberem licenças de "jogador profissional", que autoriza os pro players a competirem profissionalmente e conquistarem suas premiações.

Para inaugurar o que pode ser uma revolução para a modalidade no país, a Capcom indicou 22 jogadores japoneses de Street Fighter para serem os pioneiros do movimento e receberem as licenças.

Entre os jogadores selecionados, estão Daigo "The Beast" Umehara, Hajime "Tokido" Taniguchi, Tatsuya "Haitani" Haitani e Ryota "Kazunoko" Inoue.

Depois de receber a primeira edição da EVO fora de seu país de origem, o próximo grande evento do Japão será a Tokaigi 2018, que acontece entre os dias 10 e 11 de fevereiro, e também reunirá grandes nomes dos fighting games, como os citados acima.

Lembrando que os movimentos para regulamentação dos eSports não são novos no Japão, já que foi anunciado anteriormente o interesse de incluir esportes eletrônicos em grandes eventos, como as Olimpíadas.

Matheus Rodrigues é redator do Versus. Siga- no Twitter.

Mais notícias
Ubisoft revela Hyper Scape, novo battle royale com lançamento em 2020
Mercado

Ubisoft revela Hyper Scape, novo battle royale com lançamento em 2020

O FPS está em período de testes técnicos
Matheus Oliveira
Em meio à pandemia de COVID-19, Twitch registra maior público da história
Twitch

Em meio à pandemia de COVID-19, Twitch registra maior público da história

O período beta de Valorant também favoreceu a plataforma
Matheus Oliveira
Tempo é dinheiro: Fnatic lança relógio de mais de R$ 7 mil em parceria com a Gucci
Esports

Tempo é dinheiro: Fnatic lança relógio de mais de R$ 7 mil em parceria com a Gucci

Não tem no Brasil, viu menines?
Beatriz Coutinho