Esports

Japão quer limitar horas de game de jogadores menores de idade

China tomou a mesma medida em 2019
@beatriz.coutinho
Beatriz Coutinho
é reporter no Versus.

Foto: Stephen R. Sylvanie/USA TODAY Sports/Reprodução
Foto: Stephen R. Sylvanie/USA TODAY Sports/Reprodução

O Japão criou um projeto de lei que pretende limitar o número de horas que players menores de 18 anos podem jogar no celular ou em outros dispositivos. Em 2019, a China tomou a mesma medida e a Coreia do Sul possui uma ordem similar desde 2011.

Leia mais:

De acordo com o jornal Mainich, o projeto é chamado de Portaria sobre Medidas para Dependência de Jogos na Internet. A medida sugere que jogadores menores de 18 anos só possam jogar por uma hora em celulares ou outros equipamentos.

A proposta também recomenda que crianças e adolescentes parem de usar dispositivos móveis a partir das 21h e que o horário limite de uso seja às 22h.

Alguns membros da Assembleia de Kagawa não concordam com a medida e pediram por uma revisão do projeto, alegando que a proposta não é verdadeiramente eficaz.

Na China, jogadores menores de 18 anos são proibidos de jogar videogames entre 22h e 8h. Entre segunda e sexta-feira eles podem jogar por somente 90 minutos, tempo que aumenta para três horas aos finais de semana. Além disso, os jovens também tem seus gastos com games limitados e controlados.

Vale lembrar que, tanto a China quanto o Japão regulamentaram os esportes eletrônicos. Fãs de esports e jogos se mostram preocupados com as medidas chinesas e japonesas, questionando se elas de fato são eficientes.

Quer saber mais sobre a rotina de pro players dos mais variados jogos? Confira o vídeo acima da série A Cultura dos Esports, produzida pelo Versus, que tem como objetivo mostrar mais sobre o mundo dos esports eletrônicos.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Tags Relacionadas
Esports
Mais notícias
É hora de morfar! Power Rangers: Battle for the Grid terá circuito competitivo
Esports

É hora de morfar! Power Rangers: Battle for the Grid terá circuito competitivo

Você está preparado?
Beatriz Coutinho
Doria veta PL 1512, que busca regulamentar os esports, por ser inconstitucional
Esports

Doria veta PL 1512, que busca regulamentar os esports, por ser inconstitucional

Segundo comunicado no Diário Oficial, o Projeto de Lei fere o direito à propriedade intelectual das desenvolvedoras
Jairo Junior
Jogos Pan-Americanos de 2023 avaliam a entrada dos esports como modalidades
Esports

Jogos Pan-Americanos de 2023 avaliam a entrada dos esports como modalidades

A proposta foi apresentada por David Lappartient, presidente da União Ciclística Internacional
Jairo Junior