Legends of Runeterra

Guia Legends of Runeterra: Como jogar o card game do universo de LoL

Entenda a mecânica de jogo e o básico para se aventurar em LoR
@luccabucks
Escrito por
Matheus de Lucca
Foto: Riot Games/Reprodução
Foto: Riot Games/Reprodução

Legends of Runeterra é o jogo de cartas do universo de League of Legends, lançado oficialmente em 30 de abril de 2020 para PC e smartphones Android e iOS. Encontre neste guia os direcionamentos básicos para começar a sua jornada pelo game, incluindo mecânicas e princípios básicos para se dar bem.

Leia mais

Cartas e decks

Em Legends of Runeterra o jogador pode escolher cards de sete facções: Demacia, Noxus, Freljord, Piltover e Zaun, Ionia, Ilhas das Sombras e Águas de Sentina para montar um deck de 40 cartas. A única restrição na hora de construir um baralho é o limite de seis cartas de campeão e três cópias de cada carta, no máximo.

Além disso, as cartas podem possuir efeitos e propriedades especiais, como Ataque Rápido, que permite que uma carta ataque primeiro e, caso elimine o adversário, não receba dano em troca. Além disso, cards de campeão são capazes de evoluir quando o jogador completa uma missão, exclusiva de cada carta.

Lucian, por exemplo, evolui quando quatro aliados morrem ou quando a carta de Senna é eliminada. Em sua nova forma, a carta do campeão tem mais ataque, vida, e a propriedade Ataque Duplo, auto-explicativa. Os objetivos de cada personagem são diferentes e ditam parte das estratégias de LoR. É possível montar decks que giram em torno de facilitar a conclusão da missão de cards de campeão, assim como é viável criar táticas focadas em cartas comuns que tenham efeitos impactantes.

Por fim, é possível ver cartas associadas a cada card ao clicar para expandir. Ou seja, o jogador pode saber de transformações, cards invocados por um outro card e magias relacionadas de antemão, antes de colocá-las em jogo. Isso também permite estar ciente das possibilidades do oponente.

1/3
A versão básica da carta de Lucian | Foto: Riot Games/Reprodução
A versão básica da carta de Lucian | Foto: Riot Games/Reprodução
A versão básica da carta de Yasuo | Foto: Riot Games/Reprodução
A versão básica da carta de Yasuo | Foto: Riot Games/Reprodução
A tela de construção de decks | Foto: Riot Games/Reprodução
A tela de construção de decks | Foto: Riot Games/Reprodução

Tipos de cartas

Além de campeões e cartas de personagens, há também magias, divididas em três tipos: rápidas, lentas e súbitas. As rápidas podem ser usadas a qualquer momento, inclusive durante o turno do adversário, e geralmente são reações. As lentas não podem ser usadas durante o combate e, portanto, não podem ser usadas como reações. As magias súbitas têm seu efeito ativado imediatamente.

Alguns cards possuem efeitos ao entrarem em campo, alguns executam alguma ação ao atacar e outros podem ter um efeito ao retornarem para a mão do jogador.

Cartas de campeão normalmente possuem um card de magia associado. Se você já tem um campeão em jogo e saca outra carta do mesmo campeão, ela se transforma em sua magia associada. Por exemplo, a carta de magia associada a Ezreal é Disparo Místico. Se o jogador já tem Ezreal em jogo e saca outro Ezreal, essa carta sacada se transforma em Disparo Místico.

Mecânica de jogo

Cada carta possui um custo de mana, tanto as cartas de campeões e personagens quanto magias. No primeiro turno, ambos os jogadores recebem um de mana. No segundo, recebem dois, e assim sucessivamente. É possível armazenar até três de mana para uso exclusivo de magias, isto é chamado de mana de feitiço. Há cartas que podem conceder um ou mais de mana adicional durante uma rodada.

As rodadas são alternadas - cada turno um jogador recebe um token de ataque, possibilitando... o ataque. Quando um jogador decide atacar, coloca as cartas na parte central do tabuleiro. Em seguida, o defensor pode selecionar quais cards usará para bloquear e qual será a posição delas na mesa. Veja o exemplo abaixo:

O tabuleiro possui seis slots | Foto: Riot Games/Reprodução
O tabuleiro possui seis slots | Foto: Riot Games/Reprodução

O jogador azul colocou três cartas para atacar, enquanto o jogador vermelho só tinha dois cards para bloquear. As cartas de ataque baterão de frente com os cards que o defensor colocou, literalmente em um embate frente-a-frente. A terceira carta, por sua vez, atacará diretamente o Nexus inimigo, que representa a vida. O Nexus começa com 20 de HP e pode ser curado ou drenado por efeitos de cartas diversas.

Um ponto notável é que LoR sempre permite uma reação antes da ação ser resolvida. Isso quer dizer que, quando um jogador coloca cartas em jogo, o adversário pode visualizar o que vai acontecer e, caso tenha alguma medida para frear ou até inibir completamente a tática, tem a chance de reagir. Essa dinâmica alternada faz com que estratégias de OTK (one turn kill, ou seja, que eliminam o inimigo em uma única rodada) não sejam tão poderosas na presença de counters ou boas defesas.

Esse é o básico da mecânica de LoR. É importante ler atentamente os efeitos das cartas para entender características inerentes, como a Desafiante - cartas com essa propriedade podem escolher qual card oponente sofrerá o seu ataque.

Sistema de progressão e obtenção de cartas

Em LoR você deve escolher uma região para o sistema de progressão, baseado em experiência obtida ao fim de cada partida e ao completar missões. Essa EXP enche uma barra específica da facção escolhida e libera cartas curinga (que podem ser trocadas por cartas a sua escolha) e baús, que contém cards referentes à região selecionada. É possível trocar a região de progressão a qualquer momento.

Há missões diárias e é possível trocar algumas delas, com um limite diário de vezes. Além disso, há recompensas semanais que variam de acordo com a quantidade de jogos do usuário - quanto mais você jogar, mais recompensas receberá do Cofre. Veja abaixo alguns exemplos:

1/3
Tela do sistema de progressão da região | Foto: Riot Games/Reprodução
Tela do sistema de progressão da região | Foto: Riot Games/Reprodução
Missões diárias dão EXP | Foto: Riot Games/Reprodução
Missões diárias dão EXP | Foto: Riot Games/Reprodução
Cartas curinga podem ser trocadas por cards de sua escolha e raridade equivalente | Foto: Riot Games/Reprodução
Cartas curinga podem ser trocadas por cards de sua escolha e raridade equivalente | Foto: Riot Games/Reprodução

Existem duas moedas no jogo: Fragmentos, que você ganha jogando, e Moedas, que você pode comprar a qualquer momento e que são limitadas semanalmente. Veja como habilitar itens no LoR:

Enquanto joga, você completa missões e ganha experiência para avançar e habilitar novas cartas automaticamente, mas qual região você habilita primeiro depende totalmente de você. Você decide de onde vêm suas cartas e pode mudar de região sempre que quiser, o que facilita a montagem do seu deck dos sonhos.

Estas são as premissas básicas de Legends of Runeterra. A maior parte dos conceitos você pode aprimorar enquanto joga, e também pode conferir mais guias aqui no Versus.

Para mais conteúdo sobre Legends of Runeterra, continue ligado no Versus e nos siga nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Mais notícias
Legends of Runeterra: Novo modo de jogo Laboratórios chega com atualização 1.5
Legends of Runeterra

Legends of Runeterra: Novo modo de jogo Laboratórios chega com atualização 1.5

O A.R.A.M. chegou ao LoR
Matheus Oliveira
Legends of Runeterra: Decks budget para começar bem no cardgame de LoL
Legends of Runeterra

Legends of Runeterra: Decks budget para começar bem no cardgame de LoL

Veja listas para usar sem gastar fortunas no jogo de cartas
Matheus Oliveira
Riot investiga executivo que associa assassinato de George Floyd a "estilo de vida"
League of Legends

Riot investiga executivo que associa assassinato de George Floyd a "estilo de vida"

Ron Johnson foi afastado do cargo
Beatriz Coutinho