Mercado

G2 Esports anuncia parceria com a Red Bull

A Red Bull ficará estampada na camisa da G2
@lucas.hagui
Escrito por
Lucas Hagui
Foto: G2 Esports/Reprodução
Foto: G2 Esports/Reprodução

A G2 Esports anunciou uma nova parceria com a Red Bull em 6 de setembro. A novidade abrange todas as line-ups de esports da G2 e será plurianual, porém a duração não foi divulgada em nota oficial.

Leia mais

Ambas as empresas já trabalharam juntas, porém foi em uma pegadinha de 1 de abril com o anúncio da "Red Bull Raging" que não passava de uma brincadeira. De acordo com a nota oficial, essa brincadeira foi importante para aproximar e iniciar a parceria entre G2 e Red Bull.

Com o início da parceria, ações com a hashtag #TheBigStep terão memes e momentos da G2 ao longo dos anos e também a Red Bull aparecerá na camisa de todas as equipes de esports.

Entre as line-ups com disputas importantes no futuro estão: League of Legends na League European Championship (LEC), PlayerUnknown's Battlegrounds na PUBG Europe League, além de Rainbow Six Siege e Rocket League na DreamHack Montréal.

Foto: G2 Esports/Reprodução
Foto: G2 Esports/Reprodução

A Red Bull participa ativamente dos esports há muito tempo, tanto no automobilismo eletrônico, torneios como o Red Bull Player One ou parceria com equipes. Além do recente patrocínio com G2, a Red Bull atua também com 100 Thieves, Team Vitality, OG, North, Cloud9 e ENCE.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Mais notícias
Team Liquid inaugura centro de treinamento na Europa e Brasil pode ser o próximo
Mercado

Team Liquid inaugura centro de treinamento na Europa e Brasil pode ser o próximo

As equipes passarão a treinar no prédio da organização na Holanda
Matheus Oliveira
Fall Guys recebe mesmo anti-cheat da Epic Games para combater hackers
Comunidade

Fall Guys recebe mesmo anti-cheat da Epic Games para combater hackers

As preocupações com trapaceiros são notáveis
Matheus Oliveira
Apple responde à processo da Epic Games com contra-acusações
Fortnite

Apple responde à processo da Epic Games com contra-acusações

O battle royale perdeu 60% do público no mobile
Matheus Oliveira