Free Fire

Free Fire: NFA foca em novos talentos e quer "moldar o cenário de maneira correta"

A liga competitiva está em sua segunda temporada
@_matheusf23
Matheus Oliveira
escreve para o Versus.
A Liga NFA foi inaugurada em abril de 2019. | Foto: Garena/Reprodução
A Liga NFA foi inaugurada em abril de 2019. | Foto: Garena/Reprodução

A National Free Fire Association (NFA) é uma nova organização com foco no desenvolvimento do cenário do game mobile. A liga competitiva criada pela associação já está em sua segunda temporada e, em entrevista ao Versus, Bernardo Assad, fundador e CEO, explicou que tentará seguir um caminho diferente do visto em outras modalidades.

Leia mais:


A Liga NFA foi inaugurada em abril deste ano e sua primeira temporada se estendeu até o fim do mês de maio, com 12 equipes convidadas diretamente pela organização.

Segundo o CEO, a criação da associação se deu após a entrada do executivo no ambiente de Free Fire, por meio de sua participação na INTZ, quando se deparou com "um cenário gigantesco, mas amador" e viu uma oportunidade para dar estrutura aos times e começar a "moldar o cenário da maneira correta desde o início, diferente do que aconteceu com as outras modalidades".

Ainda de acordo com Assad, é por tal razão que a liga permanecerá com os 12 times atuais por um bom tempo. As organizações foram convidadas ao início da primeira temporada e "é um investimento mais fácil" permanecer tratando com os mesmos envolvidos, apenas incluindo um novo jogador em cada line-up após o fim das disputas, assim, o desenvolvimento de novos talentos pode acontecer.

As 12 equipes da Liga NFA - AnarchySons, B4STARDOS, PMBR, MAFIABR, GOD, STARS, NEW, 4Keasy, GameOver, Suicide Squad, INTZ e Vivo Keyd -, foram formadas a partir de clãs do game no servidor brasileiro. Para o CEO, isso traz uma união singular ao cenário.

"Os jogadores dos times são todos muito próximos, diferente dos outros cenários nos quais é cada um por si", diz Assad. "É o que me dá mais orgulho, ver todo mundo em busca do mesmo objetivo."

Além da liga "principal", a NFA apresentou uma divisão exclusivamente feminina, também com 12 equipes participantes e premiação menor, de US$ 1 mil, que aconteceu entre 13 e 31 de julho. No anúncio da iniciativa, Assad comentou que "o objetivo da NFA com a Liga Feminina é estimular cada vez mais a entrada de mulheres no cenário competitivo", e o executivo tem ainda mais planos para o futuro, mesmo que não tenha entrado em detalhes sobre as ideias.

Para encerrar, o CEO revelou que a Liga Feminina atendeu às expectativas e que o objetivo não é separar o cenário. "Queremos fomentar o cenário, com uma liga mista ajudando todos a crescer juntos".

A terceira temporada da Liga NFA ainda não teve data anunciada, mas está marcada para começar em janeiro de 2020.

Vale lembrar que Free Fire recebeu há pouco tempo um novo modo de jogo, o Contra Squad, com confrontos 4x4 e um inédito sistema de economia. Quer saber o que os pro players e influenciadores acharam da modalidade? Confira o vídeo acima. Para mais dicas, veja nosso guia para iniciantes e nossa lista com as melhores armas do game.

Garena Free Fire está disponível gratuitamente para iOS e Android. O game é um dos mais assistidos no Brasil - com um pico de mais de 800 mil espectadores durante a decisão da última edição da Pro League. o país será também a casa da próxima grande final mundial do battle royale, marcada para 16 de novembro, no Rio de Janeiro, onde US$ 400 mil (aprox. R$ 1,6 milhão) estarão em jogo.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Tags Relacionadas
Free Fire
Mais notícias
Peneira do Red Truck HyperX será expandida para CS:GO no futuro
League of Legends

Peneira do Red Truck HyperX será expandida para CS:GO no futuro

Felipe Corradini, CEO da matilha, confirmou o projeto ao Versus
Beatriz Coutinho
Free Fire: Todas as novidades do Corinthians nos esports
Free Fire

Free Fire: Todas as novidades do Corinthians nos esports

Time pretende expandir suas modalidades em breve
Helena Nogueira
Pain Gaming anuncia parceria com BMW
paiN Gaming

Pain Gaming anuncia parceria com BMW

O que vocês acharam essa parceria?
Helena Nogueira