Fortnite

Fortnite: Streamer Pulgaboy bate recorde brasileiro de abates solo

O último não durou uma semana!
@_matheusF23
Matheus Oliveira
é reporter no Versus.
Foto: Epic Games/Reprodução
Foto: Epic Games/Reprodução

Dias depois do recorde brasileiro de 40 abates solo contra esquadrões de Nicolas “Nicks” Polonio, pro player de Fortnite pela W7M, o streamer Thales ''Pulgaboy'' Henrique, garantiu 41 kills, que é a nova marca a ser batida.

Leia mais:

A marca foi alcançada durante uma transmissão em seu canal na Twich, pouco tempo depois do recorde de Nicks.

Pulgaboy postou em seu perfil no Twitter uma imagem da plataforma Fortnite Tracker, que mostra o seu número de abates, que o deixam como 26º no ranking mundial, mas na primeira colocação da lista brasileira:

O competidor chegou perto de alcançar o recorde mundial, que no momento da publicação desta matéria, é carregado por Liam "Kamo" Fillery, pro player da Ghost Gaming, que garantiu 46 abates jogando solo contra esquadrões.

Lembrando que a Epic Games revelou detalhes sobre o circuito competitivo de Fortnite em 2019. Com US$ 100 milhões em premiação total, Copa do Mundo e a volta dos torneios semanais.

Também vale recordar que o próximo grande campeonato do battle royale já tem data para acontecer. Entre os dias 1 e 3 de março será sediado na Polônia o Katowice Royale, com US$ 500 mil em prêmios.

Matheus Oliveira é redator do Versus. Siga-o no Twitter.

Tags Relacionadas
Fortnite
Mais notícias
Fortnite: Tfue encomenda teclado especial de R$ 14 mil
Fortnite

Fortnite: Tfue encomenda teclado especial de R$ 14 mil

Você pagaria tudo isso em um teclado gamer?
Beatriz Coutinho
Fortnite: 2ª temporada chega em 20 de fevereiro com novo motor gráfico
Fortnite

Fortnite: 2ª temporada chega em 20 de fevereiro com novo motor gráfico

Será que a cara do battle royale vai mudar?
Matheus Oliveira
Fortnite: Ninja critica atrasos e falta de novidades das últimas atualizações
Fortnite

Fortnite: Ninja critica atrasos e falta de novidades das últimas atualizações

O streamer disse que a próxima temporada deve ser a melhor de todas para justificar o problema
Matheus Oliveira