Mercado

Fortnite foi o game gratuito mais rentável de 2019, aponta pesquisa

O battle royale da Epic Games segue em alta, mesmo com queda de 25% de lucro em relação a 2018
@luccabucks
Escrito por
Matheus de Lucca

Foto: Epic Games/Reprodução
Foto: Epic Games/Reprodução

Fortnite foi o game gratuito mais rentável de 2019, acumulando a quantia de US$ 1,8 bilhão em receita, segundo relatório da empresa de pesquisa e inteligência de mercado SuperData. Outros títulos que integram os cinco mais lucrativos estão Dungeon Fighter Online, Honour of Kings, League of Legends (LoL) e Candy Crush Saga.

Leia mais

O relatório da SuperData analisa toda a indústria de games e conclui que a rentabilidade do setor em 2019 foi de US$ 120 bilhões, um aumento de 4% em relação a 2018 mesmo com um ano mais morno em relação a grandes lançamentos. Deste total, US$ 64,4 bilhões vieram de jogos mobile, US$ 29,6 bilhões de PC, US$ 15,4 bilhões de consoles e US$ 6,5 bilhões de títulos de realidade virtual ou aumentada.

Segundo a pesquisa, o número total de receita é menor do que a soma de todos os segmentos devido à sobreposição de renda com o setor de realidade aumentada e virtual. A lucratividade de um jogo como Pokémon Go, por exemplo, é contabilizada tanto na categoria mobile quanto a de realidade estendida.

Além disso, 80% de dinheiro gasto em games digitais em 2019 foi direcionado a jogos gratuitos para jogar, principalmente games mobile, para obtenção de itens in-game. Segundo a SuperData, esta tendência deve continuar em 2020. Veja abaixo a lista dos 10 games free-to-play mais rentáveis do último ano:

1/2
Games free-to-play mais rentáveis de 2019 | Foto: SuperData/Reprodução
Games free-to-play mais rentáveis de 2019 | Foto: SuperData/Reprodução
Projeção para 2020 no mercado de games free-to-play | Foto: SuperData/Reprodução
Projeção para 2020 no mercado de games free-to-play | Foto: SuperData/Reprodução

Vale apontar que embora Fortnite tenha liderado a lista de 2019, o faturamento caiu em 25% em relação a 2018, quando o battle royale acumulou US$ 2,4 bilhões em receita. Segundo a SuperData, o game se manteve relevante por meio de atualizações, passes de batalha e pelas parcerias com outros produtos de mídia, como Star Wars, Stranger Things etc.

Outra observação notável é que embora Fortnite tenha menos jogadores ativos do que League of Legends, jogadores do battle royale no PC estão duas vezes mais propensos a gastar dinheiro com conteúdo in-game do que jogadores do MOBA da Riot Games.

No setor de "games premium", ou seja, títulos que precisam ser comprados para jogar, foram acumulados US$ 18,9 bilhões em receita, uma queda de 5% em relação a 2018, algo atribuído pela SuperData a uma "quantia menor de grandes lançamentos". Entre os jogos mais rentáveis desta lista está Rainbow Six: Siege; veja abaixo:

1/2
Games premium mais rentáveis de 2019 | Foto: SuperData/Reprodução
Games premium mais rentáveis de 2019 | Foto: SuperData/Reprodução
Projeção para 2020 no mercado de games premium | Foto: SuperData/Reprodução
Projeção para 2020 no mercado de games premium | Foto: SuperData/Reprodução

A expectativa é que o segmento de games premium tenha um desempenho maior em 2020 devido a lançamentos aguardados como Cyberpunk 2077, The Last of Us Part II e a próxima geração de consoles.

Como conclusão, a SuperData projeta que o setor de games e mídias interativas digitais crescerá 4% em 2020, chegando a US$ 124,8 bilhões de receita em 2020.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Mais notícias
Liquid e Marvel lançam coleção comemorativa de um ano de parceria
Mercado

Liquid e Marvel lançam coleção comemorativa de um ano de parceria

A organização lançará novas peças inspirados em novos heróis
Matheus Oliveira
Ubisoft revela Hyper Scape, novo battle royale com lançamento em 2020
Mercado

Ubisoft revela Hyper Scape, novo battle royale com lançamento em 2020

O FPS está em período de testes técnicos
Matheus Oliveira
Em meio à pandemia de COVID-19, Twitch registra maior público da história
Twitch

Em meio à pandemia de COVID-19, Twitch registra maior público da história

O período beta de Valorant também favoreceu a plataforma
Matheus Oliveira