Fortnite

Fornite: Ninja defende o battle royale de ódio vindo de outros streamers

As últimas atualizações do game não agradaram muitos influenciadores
Ninja é o maior streamer da Twitch e considerado o rosto de Fortnite. | Foto: Time Magazine/Reprodução
Ninja é o maior streamer da Twitch e considerado o rosto de Fortnite. | Foto: Time Magazine/Reprodução

Tyler "Ninja" Blevins, maior streamer da Twitch e conhecido por ser o rosto de Fortnite, defendeu o battle royale da Epic Games, que anda sofrendo com ódio de outros influenciadores depois das últimas atualizações.

Leia mais:


O próprio Ninja é um dos streamers que critica as decisões e mudanças feitas no game, mas, segundo ele, nada é motivo para afastar os jogadores.

A nona temporada de Fortnite chegou na última quinta-feira (9) e, de maneira geral, não agradou. Muitos "abandonaram" o game e, segundo Ninja, "todos vão voltar quando a audiência diminuir, e está diminuindo". 

"É frustrante ver todos esses influenciadores destruindo o jogo constantemente e continuarem a postar vídeos do game nas redes sociais. Críticas construtivas são legais e entregar uma mensagem corretamente para a audiência deveria ser o mais importante", diz o tuíte.

Segundo o streamer, os contínuos comentários negativos podem "matar" o jogo, já que muitos, por mais que ainda joguem Fortnite, acreditam na opinião dos influenciadores.

"Eu garanto que têm gente amando esta temporada, mas se seus influenciadores favoritos só reclamarem, podem acabar perdendo o interesse", diz Ninja no trecho acima.

Vale lembrar que parte das alterações propostas e implementadas pela Epic Games visam a experiência competitiva da Copa do Mundo, que se aproxima de sua quinta semana de qualificatórias e tem finais marcadas para 26 e 28 de julho, em Nova Iorque, onde US$ 30 milhões estarão em jogo.



Matheus Oliveira é redator do Versus. Siga-o no Twitter.

Tags Relacionadas
FortniteNinja