Street Fighter

Fight in Rio recebe documentário sobre a comunidade de jogos de luta no Rio de Janeiro

Lutadores cariocas, onde vivem? O que comem? Como treinam?
@_matheusf23
Matheus Oliveira
escreve para o Versus.

A comunidade de fighting games brasileira é uma das mais apaixonadas segundo os próprios competidores. Para registrar todo o apreço pelas lutas, foi criado o documentário independente Fighters in Rio.Leia mais:

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Produzido pelo brasileiro Boris Gukovski, o longa-metragem - gravado durante o Fight in Rio 2016 -, tem como material entrevistas e declarações de grandes competidores do cenário como Thomas "Brolynho" Proença, Keoma Pacheco e Vitor "Tubarão" Roza.

O Fight in Rio é um dos maiores campeonatos de jogos de luta do Brasil, fazendo parte do circuito competitivo oficial de Street Fighter, a Capcom Pro Tour.

Por mais que o foco do documentário seja a competição, a obra também possui vários registros sobre a comunidade carioca de fighting games.

Confira o vídeo completo no topo da publicação.



Matheus Oliveira é redator do Versus. Siga-o no Twitter.

Tags Relacionadas
Street Fighter
Mais notícias
Street Fighter: Brasil é um dos selecionados para o Intel World Open 2020
Street Fighter

Street Fighter: Brasil é um dos selecionados para o Intel World Open 2020

As qualificatórias para o torneio começam em março
Beatriz Coutinho
Street Fighter 5 terá novo modo de torneios online em breve
Street Fighter

Street Fighter 5 terá novo modo de torneios online em breve

Várias novidades de Halloween também estão por vir
Matheus Oliveira
Street Fighter: Momochi perde mais de 85% da premiação por não ter licença de pro player
Street Fighter

Street Fighter: Momochi perde mais de 85% da premiação por não ter licença de pro player

O japonês recebeu apenas cerca de US$ 560 dos mais de US$ 46 mil do torneio da Tokyo Game Show
Beatriz Coutinho