League of Legends

Faker integra a lista dos 30 Under 30 da Ásia em 2019

O jogador é um dos poucos selecionados com 22 anos ou menos
@iugahtk
Lucas Hagui
é reporter no Versus.
Imagem: Reprodução/LCK
Imagem: Reprodução/LCK

O jogador de League of Legends Lee "Faker" Sang-hyeok, da equipe sul-coreana T1, foi selecionado na categoria Entretenimento e Esportes da lista 30 Under 30 da Ásia de 2019, coluna da Forbes que destaca as celebridades mais influentes com menos de 30 anos em diversas modalidades.

Leia mais:

Ao lado de jogadores de futebol, boxeadores, atrizes e até o grupo de K-pop BLACKPINK, Faker foi selecionado pela 30 Under 30 por conta das vitórias em League of Legends, com três títulos mundiais, e a premiação de jogador mais amado da Coreia do Sul pela David Yan Award 2018.

Faker também é um dos mais jovens da lista, sendo um dos nove que possui 22 anos ou menos. Então podemos esperar mais conquistas do pro player, principalmente por conta do bom desempenho da equipe no 1º Split da League Champions Korea.

A sul-coreana T1, equipe de Faker, se classificou para a fase 3 dos playoffs da LCK, em que conquistaram a segunda colocação na etapa convencional, atrás apenas da Griffin. Acompanhe as partidas da LCK nos canais oficiais da Riot Games.

Lucas Takashi é redator do Versus. Siga-o no Twitter em @IugahTK.

Tags Relacionadas
League of LegendsFaker
Mais notícias
Mais de 25% do público de esports não joga, aponta Newzoo
Mercado

Mais de 25% do público de esports não joga, aponta Newzoo

A pesquisa foi feita com jogadores e espectadores de LoL, CS:GO, Dota e mais
Matheus Oliveira
LoL: Hotfix traz buffs para Onirruna e Ezreal e nerf para Lâmina Sanguinária
League of Legends

LoL: Hotfix traz buffs para Onirruna e Ezreal e nerf para Lâmina Sanguinária

Dragão Ancião também recebeu uma reparação de bug
Lucas Hagui
Com torneios de CS:GO, LoL e FIFA, BSL retorna ao nordeste em dezembro
League of Legends

Com torneios de CS:GO, LoL e FIFA, BSL retorna ao nordeste em dezembro

Evento terá mais de R$ 12 mil em premiação
Matheus Oliveira