Esports

eSports em alto mar: Cruzeiro marítimo World Dream é o sonho de consumo de qualquer pro player

Partiu nad... jogar!
@biaacoutinhoo
Escrito por
Beatriz Coutinho
Foto: Dream Cruises
Foto: Dream Cruises

Se você acha que jogar League of Legends, Street Fighter ou FIFA em casa é legal, imagine dentro de um navio. Esse é o sonho que a Dream Cruises está tornando realidade, colocando um espaço de eSports em alto mar, com o cruzeiro World Dream.

Leia mais:

A área específica ECS Experience Lab possui espaço para dez jogadores, que poderão se divertir individualmente ou em times. Confira a galeria de fotos:

1/4
Imagem: Dream Cruises
Imagem: Dream Cruises
Imagem: Dream Cruises
Imagem: Dream Cruises
Imagem: Dream Cruises
Imagem: Dream Cruises
Imagem: Dream Cruises
Imagem: Dream Cruises

Além disso, o cruzeiro também conta com espaços para jogos em realidade virtual que envolvem simuladores que vão desde montanhas-russas até Star Wars.

"Essa iniciativa ajuda o governo de Hong Kong e o Comitê do Turismo a promover os eSports na região", diz Tatcher Brown, CEO da Dream Cruizers em entrevista ao site Cruise Industry News. "Estamos ansiosos para inspirar nossos convidados desde os millennials até os jovens de espírito com essas empolgantes atividades dos eSports."

Bia Coutinho é redatora no Versus e uma sereia que não sabe nadar. Siga-a no Twitter.

Tags Relacionadas
Esports
Mais notícias
Samira Close comanda live para celebrar Orgulho LGBTQ+ no Facebook Gaming
Comunidade

Samira Close comanda live para celebrar Orgulho LGBTQ+ no Facebook Gaming

Transmissão terá Diva Depressão, Maíra Medeiros, Lia Clark e mais como convidados
Beatriz Coutinho
Os melhores casos de justiça sendo feita nos esports
Esports

Os melhores casos de justiça sendo feita nos esports

Lembre de jogadores que foram banidos, expulsos ou penalizados por trapaças e por comportamento tóxico
Helena Nogueira
Tempo é dinheiro: Fnatic lança relógio de mais de R$ 7 mil em parceria com a Gucci
Esports

Tempo é dinheiro: Fnatic lança relógio de mais de R$ 7 mil em parceria com a Gucci

Não tem no Brasil, viu menines?
Beatriz Coutinho