League of Legends

Especial Desafiante: Do Dota ao LoL, conheça a história da TShow

Os bodes cuidam sempre uns dos outros!
@lucas.hagui
Escrito por
Lucas Hagui
Foto: Montagem/Lucas Takashi
Foto: Montagem/Lucas Takashi

O Circuito Desafiante de 2018 de League of Legends já encerrou a 1ª etapa e o Versus preparou um especial sobre os times que avançaram para os playoffs.

Nesta terceira parte, conheça a história completa da TShow E-Sports.

Leia mais:

Criado em 2016, a TShow E-Sports surgiu quando os fundadores Erick Max e Gabriel Fujiyama montaram uma equipe profissional de Dota 2 para jogar em cenário nacional. A equipe de League of Legends nasceu logo depois, em 2017, com a aquisição dos jogadores da antiga Sob Nova Direção (SND).

A primeira equipe de LoL contava com uma line-up bem extensa: Renan "Nyu" Augusto, Fernando "Ferchu" Aoki, Marcos "Krastyel" Ferraz, Igor "DudsTheBoy" Lima e Denilson "Céos" Oliveira eram os titulares junto com o técnico Renan "Dezenove" Crespo.

Enquanto na reserva; Ana "AnaTheGirl" Watanabe, Eric "Elisie" Curty, Yan "Yanzin" Schimidt, Leonardo "Skeanut" Parente e Mônica "Riyuuka" Arruda, hoje reserva da PaiN Gaming, completavam o time.

Ainda em 2017, a TShow surpreendeu entrando no Segundo Split do CBLoL com a vaga direta, vencendo o mata-mata do Circuito Desafiante de 2017. No caminho, eles derrotaram as favoritas ProGaming e INTZ.Genesis - que posteriormente virou Team One.

Foto: Reprodução/TShow
Foto: Reprodução/TShow

Para a segunda etapa do CBLoL 2017, a TShow adicionou os reforços Daniel "Danagorn" Drummond, Matheus "Theusma" Lima e Vinícius "b4dd" Gomes Marinheiro. Em contrapartida, o técnico Dezenove saiu da equipe.

O time foi impactado com isso, pois a jornada no CBLoL não foi o que se esperava: eles ficaram na lanterna do campeonato e voltaram para o Circuito Desafiante. Após o rebaixamento, o time fez mais mudanças e, com isso, Danagorn passou para a posição de técnico, Theusma se aposentou, b4dd foi para a Yeah Gaming e Ferchu foi para a Operation Kino. Ao mesmo tempo, o time contratou João "Zuao" Vitor, ex-OPK e ex-ProGaming, como caçador.

Foto: Reprodução/Riot Games Brasil
Foto: Reprodução/Riot Games Brasil

Essas mudanças foram eficazes até o momento, pois a equipe mostrou uma maior consistência na primeira etapa do Circuito Desafiante de 2018, em que conseguiu três vitórias, empatou com a atual líder Operation Kino e perdeu apenas para o Flamengo. Com essa colocação, a TShow E-Sports conquistou dez pontos e garantiu a terceira posição no Circuito.

Foto: Reprodução/TShow
Foto: Reprodução/TShow

Atualmente, a line-up da TShow é formada por:

Renan "Nyu" Augusto - Top Laner

João "Zuao" Vitor - Caçador

Marcos "Krastyel" Ferraz - Mid

Igor "DudsTheBoy" Lima - Atirador

Denilson "Céos" Oliveira - Suporte

Daniel "Danagorn" Drummond - Técnico

Luis "Piroxz" Chavez - Técnico/Analista

Mário "Furi" Sobreira - Manager

A TShow está classificada para as semifinais e vai enfrentar a equipe do Flamengo no dia 29 de março, às 17h, na Promo Arena no Rio de Janeiro.

Agora só nos resta esperar para ver os resultados, já que novamente a TShow terá a tarefa de enfrentar um favorito na semifinal.

Lucas Takashi é redator do Versus. Siga-o no Twitter em @IugahTK.

Tags Relacionadas
League of LegendsEsports
Mais notícias
LoL: Média salarial anual de jogadores da LCS pode chegar a US$ 410 mil
League of Legends

LoL: Média salarial anual de jogadores da LCS pode chegar a US$ 410 mil

O que você faria com esse dinheiro todo?
Beatriz Coutinho
LoL: Ranger é penalizado por comportamento tóxico; Flamengo paga multa de R$ 2 mil
League of Legends

LoL: Ranger é penalizado por comportamento tóxico; Flamengo paga multa de R$ 2 mil

Infração aconteceu durante partida no servidor LIVE
Matheus de Lucca
Wild Rift: Alfa do LoL Mobile no Brasil começa na próxima semana
League of Legends

Wild Rift: Alfa do LoL Mobile no Brasil começa na próxima semana

Quem quer jogar LoL no celular?
Matheus Oliveira