Dota

Dota: PaiN fica em primeiro no grupo D e se classifica para as playoffs da WESG

Brasileiros da SG e PaiN disputam as quartas de final neste sábado (16)
@helenavnogueira
Helena Nogueira
escreve para o Versus.
Foto: WESG/Reprodução
Foto: WESG/Reprodução

O Brasil está sendo muito bem representado no Dota 2. Na madrugada desta sexta-feira (16), a paiN Gaming conquistou duas vitórias e um empate durante a fase de grupos da WESG, que acontece em Haikou, na China. Com os pontos acumulados, os brasileiros se classificaram em primeiro lugar do grupo D para as quartas de final, que serão disputadas no sábado (17).

Leia mais:

No virar da noite, a equipe venceu os filipinos da Happy Feet, os norte-americanos da Team Leviathan e empatou com a notória Team Russia, que também se classificou para as Playoffs.

Além da paiN gaming, a SG e-Sports também segue para a próxima fase da competição. Na segunda fase, os times brasileiros estavam em grupos diferentes - a SG no grupo B e a paiN no grupo D -, mas podem se encontrar durante as playoffs.

Comentando a possibilidade de realizar o clássico na China, a equipe brincou no twitter:

Além dos brasileiros, disputarão as quartas de final os times da Team Hellas, Fire Dragoon, Keen Gaming, Ultima_Thule, Rock.Y, Team Russia neste sábado (16). As playoffs seguirão o modelo de eliminação simples e as partidas serão em melhor de três (md3).


Helena Nogueira é repórter no Versus. Siga-a noTwitter.

Tags Relacionadas
Dota
Mais notícias
Dota: MDL Chengdu 2019 será o primeiro Major da nova temporada do Pro Circuit
Dota

Dota: MDL Chengdu 2019 será o primeiro Major da nova temporada do Pro Circuit

Esta será a 10ª edição do torneio
Beatriz Coutinho
Dota: Mandy, Kingrd e Dunha1 disputarão qualificatória do Major
Dota

Dota: Mandy, Kingrd e Dunha1 disputarão qualificatória do Major

Qualificatória do Major acontecerá entre 5 e 10 de outubro
Matheus Oliveira
Dota: Jogadores com baixa pontuação de conduta são banidos até 2038
Dota

Dota: Jogadores com baixa pontuação de conduta são banidos até 2038

São 19 anos de banimento
Matheus Oliveira