Dota

Dota: Mudança no Pro Circuit 2020 altera regras e premiações dos Minors e Majors

Equipes de tier 2 terão mais chances
@iugahtk
Lucas Hagui
escreve para o Versus.
Foto: Dota/Reprodução
Foto: Dota/Reprodução

O Dota Pro Circuit 2020 recebeu algumas atualizações no regulamento das competições, que alteram algumas regras sobre substitutos, formatos e também as premiações de Minors e Majors para dar mais suporte a equipes de tier 2.

Leia mais


Sobre o uso de substitutos no torneio, agora é possível que uma equipe jogue com pelo menos quatro dos cinco jogadores registrados durante as qualificatórias sem nenhuma penalidade. No entanto, se a equipe não jogar os eventos presenciais (LAN) com todos os jogadores registrados, ela poderá ser penalizada com 40% dos pontos obtidos no torneio.

Entre Minors e Majors, algumas alterações importantes foram aplicadas: aumento nos pontos distribuídos no Minor de 500 para 660 e também ajuste na distribuição de prêmios.

A premiação recebeu ajuste para premiar um valor menor aos primeiros colocados e aumentar a premiação dos últimos. Isso foi realizado para oferecer mais estabilidade financeira aos times de tier 2, de forma que eles continuem disputando Minors e Majors para crescer e ganhar mais experiência.

Com os ajustes, a distribuição de premiações e DPC Points ficaram da seguinte maneira:

Majors

  • 1º colocado: US$ 300 mil e 4850 pontos (alterado de US$ 350 mil e 4950 pontos)
  • 2º colocado: US$ 160 mil e 3000 pontos (alterado de US$ 170 mil)
  • 3º colocado: US$ 110 mil e 2100 pontos (alterado de US$ 100 mil)
  • 4º colocado: US$ 80 mil e 1350 pontos
  • 5º e 6º colocado: US$ 60 mil e 900 pontos
  • 7º e 8º colocado: US$ 40 mil e 450 pontos
  • 9º ao 12º colocado: US$ 20 mil e 150 pontos (alterado de US$ 15 mil)
  • 13º ao 16º colocado: US$ 12,5 mil e 100 pontos (alterado de US$ 10 mil e 75 pontos)


Minors

  • 1º colocado: US$ 72 mil e 140 pontos (alterado de US$ 125 mil e 120 pontos)
  • 2º colocado: US$ 60 mil e 120 pontos (alterado de US$ 70 mil e 100 pontos)
  • 3º colocado: US$ 54 mil e 110 pontos (alterado de US$ 35 mil e 90 pontos)
  • 4º colocado: US$ 42 mil e 90 pontos (alterado de US$ 25 mil e 70 pontos)
  • 5º e 6º colocado: US$ 24 mil e 60 pontos (alterado de US$ 15 mil e 40 pontos)
  • 7º e 8º colocado: US$ 12 mil e 40 pontos (alterado de US$ 7,5 mil e 20 pontos)


Essa mudança nos pontos agora significa que um time que vencer um Minor recebera mais pontos (140) mesmo se ficar em último no Major - que seriam 100 pontos.

Além disso, as qualificatórias regionais para o The International receberam mudanças. O Top 8 com base no DPC que não conseguir a vaga direta no TI terá um espaço direto na qualificatória. Assim, essas equipes não precisarão jogar contra equipes de tier 2 e 3 antes de disputar a vaga no TI.

Por fim, os slots adicionais para as qualificatórias dependerão do desempenho de cada região e serão decididos pela própria Valve, que analisará qual região possui mais equipes preparadas para o The International com base nos Minors e Majors passados.

Para mais detalhes, acesse a página oficial do Dota Pro Circuit com todas as regras e mudanças.


Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Tags Relacionadas
DotaThe International
Mais notícias
Dota: Fã molda estátua gigante do herói Tiny em seu quintal
Dota

Dota: Fã molda estátua gigante do herói Tiny em seu quintal

Parece que temos um main Tiny por aqui
Beatriz Coutinho
Dota: Team Liquid dispensa toda a line-up que disputou o TI9
Dota

Dota: Team Liquid dispensa toda a line-up que disputou o TI9

Os jogadores querem criar equipe própria e pediram para sair da Liquid
Matheus Oliveira
Dota: Hackers chineses são presos após lucrarem US$ 140 mil com vendas de cheats
Dota

Dota: Hackers chineses são presos após lucrarem US$ 140 mil com vendas de cheats

A polícia comunicou o ocorrido à Valve
Helena Nogueira