Dota

Dota: Matchmaking ranqueado passa a permitir escolha da posição

Além disso, não há mais distinção entre MMR Solo e Party
@luccabucks
Matheus de Lucca
escreve para o Versus.
O MMR agora é dividido entre Core e Suporte | Foto: Valve/Reprodução
O MMR agora é dividido entre Core e Suporte | Foto: Valve/Reprodução

A Valve anunciou uma série de mudanças experimentais para o matchmaking das partidas ranqueadas de Dota 2, incluindo a possibilidade de escolher qual posição o jogador deseja atuar e a remoção da distinção de MMR Solo e Party, que agora será dividido entre Core e Suporte. As novidades já estão disponíveis.

Leia mais


A opção de escolher qual papel desempenhar já estava disponível para assinantes do serviço Dota Plus, mas agora está habilitada para todos os jogadores. Segundo a Valve, para que o MMR dividido entre Core e Suporte faça sentido, o sistema precisa saber em qual das posições, de 1 a 5, o usuário quer atuar. No momento, é possível escolher mais de uma opção e entrar na fila.

"Cada tipo de MMR terá sua própria classificação e neste teste inicial o atual ranque de todos será o ranque inicial tanto para Core quanto para Suporte. Se mantivermos este sistema para o futuro, teremos uma etapa de calibragem para cada categoria."

Foto: rapthera/Reddit
Foto: rapthera/Reddit

O que motivou a Valve a implementar estas mudanças foram aspectos sociais, de trabalho em equipe, valores e exatidão do MMR.

"É crucial que os jogadores não se sintam desencorajados em jogar com amigos. O game atualmente enfatiza muito jogar solo e estabelece um mecanismo de recompensa social forte para isto, o que faz com que usuários prefiram jogar solo e não em grupo", se lê no texto. "Além disso, Dota é um jogo que pesa no aspecto do trabalho de equipe e queremos considerar mais este lado na hierarquia de valores do matchmaking".

Para justificar a remoção de MMR Solo e Party, a Valve alega que o impacto da diferenciação entre solo e grupo é muito menor do que o esperado e que os poucos problemas puderam ser resolvidos com algorítimos aprimorados. Quanto ao discurso de que jogadores com menos habilidade poderiam entrar na fila com amigos melhores e causar desbalanceamento em partidas, o estúdio admite que este tipo de situação realmente é verídica na versão anterior do matchmaking, mas que esta nova edição "faz um bom trabalho em remediar o problema", selecionando oponentes em composições semelhantes.

"Alguns jogadores têm desempenho medíocre quando jogam em uma posição com a qual não estão acostumados, e isto introduz muita variação no sistema, para todos. Por isto vamos adicionar o MMR dividido entre Core e Suporte". A ideia é que, por exemplo, um jogador acostumado a jogar nas posições 4 e 5 não tenha que prejudicar sua equipe caso tenha vontade de desempenhar e praticar outros papéis em game.

Estas mudanças experimentais já entraram em vigor e ficarão disponível até o final da temporada. Depois do The International - o Mundial de Dota 2 que acontece entre 15 e 25 de agosto, em Xangai, na China - a Valve pedirá feedback direto da comunidade para aprimorar ainda mais este novo matchmaking.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Tags Relacionadas
Dota
Mais notícias
Dota: Pain garante classificação para Summit 11 Minor
Dota

Dota: Pain garante classificação para Summit 11 Minor

Torneio acontece em novembro
Beatriz Coutinho
CS:GO atinge maior pico de jogadores da história e torna-se maior jogo do Steam
CS:GO

CS:GO atinge maior pico de jogadores da história e torna-se maior jogo do Steam

Com o recorde, o game ultrapassou PUBG e Dota 2
Matheus Oliveira
Dota 2: Ex-Infamous, Beastcoast recebe convite para disputar ESL One Hamburg 2019
Dota

Dota 2: Ex-Infamous, Beastcoast recebe convite para disputar ESL One Hamburg 2019

Torneio começa em 25 de outubro
Beatriz Coutinho