Dota

Dota: Evil Geniuses é campeã do DOTA Summit 9 após vencer Fnatic na grande final

A EG aplicou um 3 a 0 sem muitos problemas
@iugahtk
Lucas Hagui
escreve para o Versus.
Foto: Reprodução/Beyond The Summit
Foto: Reprodução/Beyond The Summit

A Summit 9 de Dota 2 começou no dia 25 de julho e terminou neste domingo (29), com Evil Geniuses vencendo a Fnatic de 3 a 0 pela grande final. O torneio contou com uma premiação de US$ 100 mil e é a última grande competição antes do The International 8.

Leia mais:

A Evil Geniuses venceu jogando em um ritmo bem orquestrado, controlando bem as lutas em que queria entrar, além de conquistar objetivos durante as duas primeiras partidas. Já na terceira, a Fnatic mostrou resistência no início e conseguiu emplacar o seu jogo, porém a EG fez uma boa leitura e neutralizou os pontos fortes da composição inimiga.

O grande destaque da partida foi Gustav "s4" Magnusson, que teve grande participação nas lutas dos dois primeiros jogos da série.

A Pain Gaming também participou do torneio e contou com um bom desempenho na fase de grupos, porém eles perderam para os poloneses da Let's Do It nos playoffs.

A próxima competição do calendário de Dota será o The International 8, que começa dia 15 de agosto e contará com as equipes Pain Gaming, Evil Geniuses, Fnatic, VGJ.Storm e OpTic Gaming, que também participaram da Summit 9.



Lucas Takashi é redator do Versus. Siga-o no Twitter em @IugahTK.

Tags Relacionadas
Dota
Mais notícias
Dota: MDL Chengdu 2019 será o primeiro Major da nova temporada do Pro Circuit
Dota

Dota: MDL Chengdu 2019 será o primeiro Major da nova temporada do Pro Circuit

Esta será a 10ª edição do torneio
Beatriz Coutinho
Dota: Mandy, Kingrd e Dunha1 disputarão qualificatória do Major
Dota

Dota: Mandy, Kingrd e Dunha1 disputarão qualificatória do Major

Qualificatória do Major acontecerá entre 5 e 10 de outubro
Matheus Oliveira
Dota: Jogadores com baixa pontuação de conduta são banidos até 2038
Dota

Dota: Jogadores com baixa pontuação de conduta são banidos até 2038

São 19 anos de banimento
Matheus Oliveira