Dota

Dota: 17 mil jogadores são banidos por uso de contas smurf

As medidas devem melhorar o matchmaking em níveis mais baixos
@_matheusF23
Escrito por
Matheus Oliveira
Foto: Valve/Reprodução
Foto: Valve/Reprodução

A Valve anunciou na última sexta-feira (11) que 17 mil contas foram banidas ou resetadas em Dota 2 por uso de smurfs e comércio ilegal de perfis.

Leia mais:

Segundo o anúncio da empresa, a maioria das contas banidas foram pegas como "smurfs", termo utilizado para perfis criados por veteranos que procuram partidas mais fáceis em níveis mais baixos.

Muitas das contas, de acordo com a Valve, também foram vendidas ilegalmente. A combinação dos fatores é um dos principais pontos de insatisfação dos jogadores nos fóruns oficiais de Dota 2.

"Hoje resetamos ou banimos 17 mil contas que foram pegas abusando do matchmaking dentro das ranqueadas. Essas ações eram feitas, na maioria dos casos, por usuários de smurfs e por contas compradas", diz o tweet.

Segundo a empresa, a iniciativa deve melhorar a experiência em níveis mais baixos devido a ausência das contas vendidas ou smurfs.

Matheus Oliveira é redator do Versus. Siga-o no Twitter.

Tags Relacionadas
Dota
Mais notícias
Prisão filipina organiza torneios de Dota para auxiliar na reabilitação de presos
Dota

Prisão filipina organiza torneios de Dota para auxiliar na reabilitação de presos

Esports fazem parte do programa de reabilitação
Beatriz Coutinho
Dota 2: Premiação do The International 10 alcança US$ 30 milhões
Dota

Dota 2: Premiação do The International 10 alcança US$ 30 milhões

O torneio está próximo de bater seu próprio recorde
Matheus Oliveira
Dota: The International 11 pode ser realizado em 2022
Dota

Dota: The International 11 pode ser realizado em 2022

Federação de Esports de Belarus divulgou a informação
Beatriz Coutinho