Guias

De noob para noob: 5 dicas para mandar bem em Dragon Ball FighterZ

Tudo que você precisa saber para se tornar o melhor dos Guerreiros Z
@_matheusf23
Matheus Oliveira
é reporter no Versus.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Dragon Ball FighterZ está finalmente entre nós. O game de luta era um dos títulos mais aguardados para 2018, prometendo agradar até quem não é fã de jogos de luta ou da obra de Akira Toriyama. Caso queira entrar na jogatina já mandando bem, o Versus tem cinco dicas dignas de um treino com o Mestre Kame.

Leia mais:

Trazendo diferentes mecânicas de outros jogos de luta ao lado de novos elementos únicos, Dragon Ball FighterZ pode ser um grande desafio para os que desejam se tornar bons jogadores. Sem mais delongas, confira nossas dicas:

1) Não é porque o nome é “Super Arrancada” que ele é infalível

A Super Arrancada é uma mecânica interessante para ditar o ritmo de certas partidas. Ao ser ativada, o lutador voa rapidamente em direção ao adversário, e ao acertar, abre espaço para um combo.

Mas o recurso pode ser respondido facilmente e punido, já que com um golpe forte no tempo certo, abre espaço para um combo completo.

Não utilize a Super Arrancada a esmo: ao mesmo tempo que pode te ajudar a vencer partidas, pode também entregar muitas para um oponente preparado.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

2) Não abuse dos auto-combos

Dragon Ball FighterZ conta com botões para ataques fracos, médios e fortes, ao simplesmente usá-los em sequência, um combo automático é ativado.

Apertar ataque fraco repetidamente pode causar um dano razoável no oponente, mas um jogador com conhecimento mínimo do game reconhecerá os ataques e responderá facilmente, já que a grande maioria de golpes inseridos nos auto-combos são puníveis.

Utilizar os combos automáticos não é proíbido, mas o recomendado é passar algum tempo no modo treino, aprendendo os combos manuais.

3) Saiba usar seus Assists

Em Dragon Ball FighterZ, as lutas são disputadas em equipes, ou seja, existem mais de dois personagens por vez, semelhante a franquias como Marvel vs Capcom.

Não esqueça da existência deles, e escolha bem para que possam salvar sua pele quando precisar... Pois eles podem te ajudar bem na hora H.

4) Não deixe seus lutadores morrerem!

Ainda falando sobre o fato de termos três personagens de cada lado, é importante lembrar que é possível trocar entre eles à vontade.

Lembre-se que os pontos de vida dos lutadores se recuperam enquanto eles não estiverem sendo usados. Sabendo disso, não deixe seus personagens se esgotarem e não espere até o último momento para trocá-los.

Ficando atento, é possível vencer muitas partidas sem perder um lutador sequer.

5) Aprenda a usar a Explosão Cintilante

A Explosão Cintilante é uma carta na manga que, se bem usada, pode salvar muitas partidas.

Ao ativá-la, o personagem que está sendo usado causa mais dano, fica mais rápido e seus pontos de vida se recuperam a ponto de negar certos ataques especiais.

O recurso deve ser bem utilizado pois só está disponível uma vez por luta, e pode salvá-lo de qualquer derrota iminente.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Agora você está pronto para salvar o mundo e provar que é um verdadeiro Saiyajin! Dragon Ball FighterZ está disponível para PC, PlayStation 4 e Xbox One.

Matheus Oliveira é redator do Versus. Siga-o no Twitter.

Tags Relacionadas
GuiasDragon Ball FighterZ
Mais notícias
Guia Superliga ABCDE de LoL 2019: Resultados, horários, formato, transmissão e mais
League of Legends

Guia Superliga ABCDE de LoL 2019: Resultados, horários, formato, transmissão e mais

Acompanhe as disputas que se estendem até 15 de dezembro
Matheus de Lucca
Guia Fortnite 2: Dance com Espantalho, Entubado e Tenda de Tronco
Fortnite

Guia Fortnite 2: Dance com Espantalho, Entubado e Tenda de Tronco

Não sabe onde eles estão? Então siga a fila da conga do Versus pra dançar com os objetivos
Lucas Hagui
Guia LoL, Senna Suporte: Build, runas e itens para A Redentora
League of Legends

Guia LoL, Senna Suporte: Build, runas e itens para A Redentora

A primeira campeã feita para ser uma atiradora suporte
Lucas Hagui