Rainbow Six Siege

De jogador de futebol a pro player: a história de Zigueira

O jogador tem quase 1 milhão de inscritos em seu canal no YouTube
@thais.stagni
Thais Stagni
é reporter no Versus.

Leo "zigueira" Duarte nasceu em 20 de setembro de 1988 em Petrópolis, no Rio de Janeiro. Começou a jogar games de tiro em primeira pessoa - mais especificamente Counter-Strike 1.5 - em 2002 nas lan houses da cidade, guardando o dinheiro que ganhava para lanchar na escola, até ganhar um computador da sua mãe.

Sua carreira competitiva começou ainda adolescente. Na época, o pro player dividia o seu tempo entre jogar futebol para um time e o Battlefield. Inclusive, foi nesse período que o atual YouTuber ganhou sua primeira Copa do First Person Shooter, chamada BFCup.

Após abandonar o mundo dos games e do futebol para ir morar na Austrália, Zigueira voltou para o Brasil e começou a jogar Point Blank e Battlefield. Na mesma época, ele criou o seu canal no YouTube, que hoje já reúne quase um milhão de inscritos.

Quando o cenário competitivo de Tom Clancy’s Rainbow Six Siege começou a se consolidar no Brasil, Zigueira foi contratado pela paiN Gaming para jogar o novo game da Ubisoft pela organização.

Depois, o pro player foi para a Black Dragons, onde alcançou um dos momentos mais importantes da sua carreira na Pro League da modalidade.

Além de ganhar o título da final regional da Pro League de Rainbow Six, conquistando também a vaga nacional para representar o mundial do game, Zigueira pediu a sua mão de sua namorada em casamento durante a transmissão do jogo, logo após sua vitória.

Em 2017, ao lado de seus companheiros de time, Zigueira saiu da Black Dragons e foi para a BRK eSports. Na época, houve uma enorme polêmica por conta disso, já que os jogadores levaram a vaga para a Pro League para a outra organização - questão que se resolveu quando a Black Dragons conseguiu contratar outros pro players em tempo e participar da competição.

Atualmente, Zigueira joga pela BRK eSports e conta com 978 mil inscritos em seu canal no YouTube. Apesar de insistir na carreira como pro player, faz muito sucesso em suas transmissões online, nas quais utiliza bordões conhecidos pelos fãs, como "a mira tá cavala", por exemplo.

Thaís Stagni é redatora do Versus. Siga-a no Twitter.

Tags Relacionadas
Rainbow Six Siege
Mais notícias
R6: Liquid vence OGA PIT Minor e garante vaga no Six Invitational 2020
Rainbow Six Siege

R6: Liquid vence OGA PIT Minor e garante vaga no Six Invitational 2020

A MIBR terminou em 3º no torneio
Matheus Oliveira
Streamer transmite mais de 570 horas em um mês e quebra recorde mundial
Comunidade

Streamer transmite mais de 570 horas em um mês e quebra recorde mundial

Estabelecer essa marca exigiu muita preparação
Matheus de Lucca
Cinco jogos para treinar mira em games de tiro e refinar a precisão
Guias

Cinco jogos para treinar mira em games de tiro e refinar a precisão

Chegou a hora de melhorar sua taxa de abates e headshots
Jairo Junior