PUBG

Curiosidades sobre o Early Access de PlayerUnknown's Battlegrounds foram reveladas

"#ThisisBattleRoyale"
@felipe.cardoso
Escrito por
Felipe Cardoso
© Reprodução
© Reprodução

O sucesso de PlayerUnknown's Battlegrounds foi inesperado, mas rapidamente o jogo agradou a comunidade e virou uma febre global.

Com mais de US$ 714 milhões arrecadados em 2017, a franquia é atualizada constantemente e seu anti-cheater vem limpando os servidores de jogadores indecentes.

Veja mais sobre PUBG:

Após um ano quebrando recordes de grandes franquias, foram divulgadas informações interessantes sobre o acesso antecipado do jogo, confira:

© Reprodução
© Reprodução
  • Foram mais de 26 milhões de cópias vendidas desde a etapa Alpha do jogo. Entretanto, há pouco tempo mais 1 milhão de jogadores acabaram banidos com o novo anti-cheater, o BattleEye.
  • 130,2 milhões de jogadores compartilharam o frango da vitória.
  • As temidas panelas não só protegeram os seus donos, como também eliminaram mais de 13 milhões de adversários.
  • Em média, as bandagens curaram 439 jogadores por segundo em mais de 2,7 bilhões de horas jogadas.
  • A arma mais querida pela comunidade é a M416, sendo equipada mais de 55,8 bilhões de vezes
  • A para ajudar ainda mais durante a jogatina, cerca de 2,283 bilhões de care packages foram entregues por aviões.

Felipe Cardoso é analista do Versus. Siga-o no Twitter em @felpyyy.

Tags Relacionadas
PUBG
Mais notícias
PUBG Mobile: Equipe brasileira Loops vence Pro League e garante vaga no mundial
PUBG

PUBG Mobile: Equipe brasileira Loops vence Pro League e garante vaga no mundial

Time faturou US$ 55,5 mil, cerca de R$ 299 mil
Beatriz Coutinho
Os melhores casos de justiça sendo feita nos esports
Esports

Os melhores casos de justiça sendo feita nos esports

Lembre de jogadores que foram banidos, expulsos ou penalizados por trapaças e por comportamento tóxico
Helena Nogueira
PUBG Corp. bane argentino p0me por 2 anos após atitudes racistas
PUBG

PUBG Corp. bane argentino p0me por 2 anos após atitudes racistas

Caso de reincidência levou a um maior período de banimento
Beatriz Coutinho