CS:GO

CS:GO: Vivo Keyd vence Liga Feminina Gamers Club de abril

Equipe venceu a BootKamp por 2 a 1
@biaacoutinhoo
Escrito por
Beatriz Coutinho
Imagem: Vivo Keyd
Imagem: Vivo Keyd

No domingo (6), a Vivo Keyd garantiu o título de campeã da Liga Feminina Gamers Club de Counter-Strike: Global Offensive de abril, ao vencer a BootKamp - campeã da Liga de março - por 2 a 1.

Leia mais:

Para chegar até a grande final, as jogadoras da VK venceram a Team Wild, também por 2 a 1, nos mapas Mirage, Train e Cobblestone.

Já a BootKamp, derrotou a Team One Red por 2 a 0, nos mapas Inferno e Mirage.

A disputa da decisão começou em Inferno, no qual a Keyd conseguiu garantir o placar de 16 a 10. Em seguida, no mapa Train, a BK conquistou o empate ao vencer por 16 a 12.

No último e decisivo mapa, Cobblestone, a Vivo Keyd recuperou seus resultados positivos e venceu por 16 a 11, finalizando a série em 2 a 1 ao seu favor.

Vivo Keyd: Bruna "bizinha" Marvila, Gabriela "GaBi" Maldonado, Pamella "pan" Shibuya, Suelen "suziii" Barbosa e Natália "nat" Guimarães (substituindo Juliana "showliana" Maransaldi, temporariamente)

BootKamp Gaming: Amanda "AMD" Abreu, Karina "kaah" Takahashi, Shayene "shAy" Victorio, Olga "olga" Rodrigues e Nathalia "nanah" Hammound

Bia Coutinho é redatora no Versus. Siga-a no Twitter.

Tags Relacionadas
CS:GO
Mais notícias
CS:GO: FURIA sobe cinco posições no ranking da HLTV; Evil Geniuses assume top 1
CS:GO

CS:GO: FURIA sobe cinco posições no ranking da HLTV; Evil Geniuses assume top 1

Título da ESL Pro League S12 NA possibilitou a ascensão brasileira
Jairo Junior
CS:GO: BOOM pode ter os pontos RMR resetados; organização já planeja defesa
CS:GO

CS:GO: BOOM pode ter os pontos RMR resetados; organização já planeja defesa

Fato tem chances de acontecer pois Apoka foi punido pelo "bug do coach" em torneio RMR
Jairo Junior
CS:GO: Guerri, Apoka e mais treinadores brasileiros são punidos devido ao bug do coach
CS:GO

CS:GO: Guerri, Apoka e mais treinadores brasileiros são punidos devido ao bug do coach

No total são oito brasileiros punidos
Jairo Junior