CS:GO

CS:GO: Team One anuncia nikoM, argentino ex-jogador da Isurus

Pro player está na Gaming House da equipe nos EUA
@barbara.gutierrez
Escrito por
Barbara Gutierrez
Foto: Reprodução/Team One
Foto: Reprodução/Team One

A Team One anunciou seu mais novo jogador de Counter Strike: Global Offensive. Neste domingo (13), a equipe declarou que o argentino Nicolás "nikoM" Miozzi, ex-Isurus Gaming, será o novo reforço da line-up. Ele já está junto de seus colegas de time brasileiros, situados nos Estados Unidos.

Leia mais:

A contratação foi realizada em parceria entre a Isurus e a Team One. A organização brasileira anda realizando diversas mudanças na line-up de CS:GO, que se mudou para os Estados Unidos em fevereiro de 2018 e também encerrou contrato com Caike "caike" Costa em março deste ano.

Niko será o primeiro jogador argentino a jogar em um time brasileiro nos EUA. Conhecido no cenário de CS:GO latino-americano por suas atuações na Isurus, o pro player conquistou a WCA Américas 2017, foi vice no WESG 2017: South American e terceiro colocado na ESL LA League pela antiga equipe.

"É um sonho jogar fora", diz Niko. "Ainda mais em uma equipe como a Team One, que tem excelentes jogadores e dominou o cenário brasileiro. Minha expectativa com esse time é vencer todos os campeonatos que tenho pela frente."

Barbara Gutierrez é editora do Versus. Siga-a no Twitter em @bahgutierrez.

Tags Relacionadas
CS:GO
Mais notícias
CS:GO: FURIA garante vaga nos playoffs da DreamHack Open Summer NA 2020
CS:GO

CS:GO: FURIA garante vaga nos playoffs da DreamHack Open Summer NA 2020

Brasileiros da Team oNe ainda têm chances de chegar às semifinais também
Beatriz Coutinho
CS:GO: 3ª temporada do CLUTCH terá premiação de R$ 600 mil e novo formato
CS:GO

CS:GO: 3ª temporada do CLUTCH terá premiação de R$ 600 mil e novo formato

Torneio começa em 17 de agosto
Beatriz Coutinho
CS:GO: Menino de 8 anos cria "Jogo do Gau" com Gaules como protagonista
CS:GO

CS:GO: Menino de 8 anos cria "Jogo do Gau" com Gaules como protagonista

Saiba como apoiar o projeto
Matheus Oliveira