CS:GO

CS:GO: Realzin é o novo jogador da W7M Gaming

Jogador estava sem equipe desde que saiu da FURIA Inagame no fim do ano passado
@Foxer_JJ
Escrito por
Jairo Junior

A line-up da W7M Gaming de Counter-Strike: Global Offensive finalmente está completa novamente. Depois de se despedir de Ramon "RMN" Toledo no final de dezembro do ano passado, a equipe finalmente revelou que Antonio "realziN" Oliveira será o seu substituto. O anúncio acaba de ser feito nesta sexta-feira (11), nas redes sociais da organização.

Leia mais:

Com 23 anos de idade, realziN já jogou ao lado de grandes jogadores na cena nacional. Ele também representou camisas importantes como a da Merciless Gaming, mas seu verdadeiro período de destaque foi na Furia Inagame, em 2018. Apesar de não ter conquistado grandes títulos, ele e seu antigo time disputaram alguns dos maiores torneios e ligas do país.

A W7M por sua vez, já foi considerada a escalação mais poderosa do país. No entanto, recentemente perdeu espaço após ascensão de outras equipes como ex-Team Wild e Imperial. O plano inicial dos jogadores para 2019 é recuperar o topo do Brasil.

Sendo assim, a nova W7M é a seguinte:

Leon "ryotzz" Felipe

Rafael "raafa" Lima

Lucas "YJ" Yuji

Filipe "pancc" Martins

Antonio "realziN" Oliveira

Pedro "peu" Lopes (coach)

Jairo "Foxer" Junior é redator do Versus. Siga-o no Twitter em @Foxer_JJ.

Tags Relacionadas
CS:GO
Mais notícias
CS:GO: S1mple é banido da Twitch e faz referência a caso de Dr Disrespect
CS:GO

CS:GO: S1mple é banido da Twitch e faz referência a caso de Dr Disrespect

O pro player não foi notificado do motivo que levou à punição da plataforma
Matheus Oliveira
CS:GO: W7M e RED Canids garantem vaga nas semifinais da GC Masters V
CS:GO

CS:GO: W7M e RED Canids garantem vaga nas semifinais da GC Masters V

Mais dois semifinalistas serão definidos nesta sexta (31)
Beatriz Coutinho
CS:GO: Pro player da Chaos chama MIBR de lixo e kNg defende o time brasileiro
CS:GO

CS:GO: Pro player da Chaos chama MIBR de lixo e kNg defende o time brasileiro

Brasileiro diz que "falta muito" para Jonathan "Jonji" ser considerado ao menos ruim
Beatriz Coutinho