CS:GO

CS:GO: "Preparamos algumas surpresas para o MIBR", diz Ryotzz da W7M

Jogador conquistou o bicampeonato da BGC
@Foxer_JJ
Escrito por
Jairo Junior
Foto: Felipe Guerra
Foto: Felipe Guerra

Bicampeão da Brasil Game Cup 2018 de Counter-Strike: Global Offensive, Leon "ryotzz" Felipe conversou com o Versus logo após a sua conquista. Durante o papo, o jogador da W7M Gaming comentou sobre o longo confronto da final, a amizade dentro da equipe e o desafio contra o MIBR.

Leia mais:

Levantar o troféu de campeão de um grande campeonato presencial não é fácil. Repetir esta façanha um ano depois, é ainda mais difícil. Não é à toa que Ryotzz esbanjava felicidade em nosso primeiro contato, quando falava sobre seu segundo título da BGC.

“A sensação é incrível. Principalmente pelo começo de ano difícil que tivemos, cheio de altos e baixos e mudanças de line-up. Hoje, vencer mais uma vez a BGC só prova que o nosso trabalho está sendo bem feito e que valeu a pena todo o nosso esforço. Nós trabalhamos muito para nos mantermos entre os melhores.”

Na Brasil Game Show do ano passado, Ryotzz levou a BGC representando a BootKamp Gaming. Neste ano, suas cores eram as da W7M Gaming. Um ano depois, a base da line-up continua a mesma, em um cenário que é conhecido por suas constantes trocas. Durante a entrevista, Ryotzz desmistificou a prática que poucas equipes no Brasil conseguem manter e revelou o simples “segredo” que move seu grupo neste caminho.

"O nosso lema sempre foi o mesmo: nós não vamos ser apenas companheiros de equipe, vamos ser amigos dentro e fora de jogo. Até hoje, nós falamos a mesma coisa para todos os jogadores que entram no time e alimentamos esta amizade entre nós. Acredito que e é por isso que estamos juntos há tanto tempo."

O caloroso abraço do título. Foto: Felipe Guerra
O caloroso abraço do título. Foto: Felipe Guerra

A grande final da Brasil Game Cup 2018 foi longa e precisou de cinco mapas para definir o campeão. Até hoje, as séries melhores de cinco são motivos de debate sobre o seu propósito e necessidade. Ainda assim, apesar de mostrar cansaço, Ryotzz se mostrou favorável a este estilo.

“As séries MD5 são realmente cansativas, tanto fisicamente quanto psicologicamente. Ainda assim, eu acho que para o tamanho do evento, ela se faz necessária. Além disso, também acredito que a MD5 realmente prova quem é o melhor time.”

Os próximos passos da W7M na BGS 2018 já estão definidos. Eles irão disputar a final da Logitech G Challenge no sábado (13) e também o Desafio Internacional contra a poderosa MIBR, medindo forças entre os cenários nacional e internacional.

No torneio da Logitech, eles enfrentam a Isurus Gaming, da Argentina. Ryotzz reconheceu o perigo que seus adversários apresentam, mas mantém confiança na dobradinha.

Nós nos preparamos muito para a competição da Logitech também. Principalmente pelo fato do nosso adversário ser a Isurus, pois eles estudam muito as equipes brasileiras e sabem jogar contra nós. Não vai ser nada fácil, é claro, mas nós nos preparamos para buscar os dois campeonatos na BGS.

A W7M Gaming na Brasil Game Show 2018. Foto: W7M
A W7M Gaming na Brasil Game Show 2018. Foto: W7M

Quanto o duelo contra a MIBR, não é preciso mencionar a disparidade entre as cenas. No entanto, o pro player da W7M pretende surpreender a torcida e os seus oponentes durante o showmatch.

“Nós não sabemos exatamente como o MIBR vem para jogar contra nós, mas eu posso adiantar que preparamos algumas surpresas para eles. Por isso, estamos confiantes que pelo menos um mapa a gente leva.”

Vale lembrar que nesta sexta-feira (12), o palco da Brasil Game Cup irá receber mais uma final de CS:GO, mas desta vez feminina. OpTic Gaming e NTC irão se enfrentar a partir das 14h, em busca do título do campeonato. Para saber mais sobre a agenda do campeonato, confira o nosso guia.

Jairo "Foxer" Junior é redator do Versus. Siga-o no Twitter em @Foxer_JJ.

Tags Relacionadas
CS:GOBGSFPS
Mais notícias
CS:GO: FURIA sobe cinco posições no ranking da HLTV; Evil Geniuses assume top 1
CS:GO

CS:GO: FURIA sobe cinco posições no ranking da HLTV; Evil Geniuses assume top 1

Título da ESL Pro League S12 NA possibilitou a ascensão brasileira
Jairo Junior
CS:GO: BOOM pode ter os pontos RMR resetados; organização já planeja defesa
CS:GO

CS:GO: BOOM pode ter os pontos RMR resetados; organização já planeja defesa

Fato tem chances de acontecer pois Apoka foi punido pelo "bug do coach" em torneio RMR
Jairo Junior
CS:GO: Guerri, Apoka e mais treinadores brasileiros são punidos devido ao bug do coach
CS:GO

CS:GO: Guerri, Apoka e mais treinadores brasileiros são punidos devido ao bug do coach

No total são oito brasileiros punidos
Jairo Junior