CS:GO

CS:GO: paiN vence TyLoo e se recupera na WESG Feminina 2018

O sonho da classificação está mais vivo do que nunca!
@foxer_jj
Jairo Junior
escreve para o Versus.
Foto: paiN Gaming/Reprodução
Foto: paiN Gaming/Reprodução

A paiN Gaming acaba de conquistar sua primeira vitória na WESG Feminina 2018, após derrota para a CLG Red. A adversária da vez foi a TyLoo, que não foi capaz de lidar com as brasileiras nos dois mapas disputados. Com isso, Juliana "showliana" Maransaldi e companhia mantém vivo o sonho da classificação para os playoffs.

Leia mais:


As escalações

paiN Gaming

Camila "cAmyy" Natale

Pamella "pan" Shibuya

Juliana "showliana" Maransaldi

Gabriela "GaBi" Maldonado

Bruna ''Bizinha'' Marvila

Guilherme "walck" Moreno (treinador)

TyLoo Female

Ting "129" Yang

Xiao "720" Zhao

Wei "Pororo" Hong

Ye "M" Li

DongMei "KARMY" Fang

Imagem: HLTV/Reprodução
Imagem: HLTV/Reprodução

O Confronto

- Inferno

O primeiro mapa do confronto foi escolha da TyLoo, mas na verdade começou muito bem para a paiN, que se defendia com maestria e já vencia por 5 a 2. Após isso, as chinesas começaram a impor um ritmo de jogo mais forte e souberam se adaptar bem para lidar com o setup defensivo brasileiro. Com isso, aos poucos elas se recuperaram e, na última rodada do primeiro tempo, conseguiram a virada para 8 a 7.

No pistol do segundo tempo, bizinha resolveu a situação com três eliminações no fim da rodada e a partir disso iniciou seu show individual no lado de Terrorista. A jogadora conseguia abates de abertura, meio de round e de tudo que era maneira, comandando o Brasil rumo a vitória, que já marcava 13 a 9 no placar. Demonstrando boa capacidade de adaptação novamente, a TyLoo foi capaz de empatar o jogo, mas sucumbiu logo depois com duas boas entradas no bombsite B e uma na A, finalizada no clutch de GaBi. Placar final: 16 a 13 para a PNG.

- Mirage

A Mirage não poderia ter um início mais promissor para a paiN Gaming. A equipe brasileira foi absoluta no lado defensivo e raramente necessitava trabalhar algum after plant, enquanto a TyLoo se mostrava completamente perdida e apática nas suas entradas. No final do half, o atropelo foi real e o Brasil já vencia por incríveis 14 a 1.

Embaladas pelo seu grande momento na partida, a PNG emplacou um rush rápido no bombsite B e chegou ao seu matchpoint sem nenhuma baixa. Em seguida, foi a vez da A ser invadida pelas brasileiras, que fecharam a conta em 16 a 1, sem grandes problemas.

O torneio

A WESG Feminina 2018 de CS:GO acontece em Chonqing, na China, entre os dias 13 e 17 de março. O campeonato reúne oito equipes divididas em dois grupos, lutando pelo título e também pela maior parte da premiação total de US$ 105 mil. Para saber ainda mais sobre a competição e conferir os próximos da paiN que acontecem ainda hoje, confira o guia do Versus.



Jairo "Foxer" Junior é redator do Versus. Siga-o no Twitter em @Foxer_JJ.

Mais notícias
CS:GO: MIBR perde para Tricked e é eliminada do V4 Future Sports Budapest 2019
CS:GO

CS:GO: MIBR perde para Tricked e é eliminada do V4 Future Sports Budapest 2019

Equipe dinamarquesa segue para a final do torneio
Beatriz Coutinho
CS:GO: "O CS brasileiro é mais profissional que o português", diz KILLDREAM da Keyd
CS:GO

CS:GO: "O CS brasileiro é mais profissional que o português", diz KILLDREAM da Keyd

Jogador português veio ao Brasil para jogar o Clutch Circuit
Helena Nogueira
CS:GO: Furia perde para Sprout e é eliminada da Games Clash Masters 2019
CS:GO

CS:GO: Furia perde para Sprout e é eliminada da Games Clash Masters 2019

Brasileiros deixam a competição no 3º/4º lugar com US$ 10 mil
Jairo Junior