CS:GO

CS:GO: "Ocupar o lugar da cAmyy tem um peso maior", diz izaa

Jovem promessa admite certa pressão, mas faz planos ambiciosos para o futuro
@foxer_jj
Jairo Junior
escreve para o Versus.
Foto: paiN Gaming/Reprodução
Foto: paiN Gaming/Reprodução

Com apenas 17 anos, Izabella ''izaa'' Galle foi convidada para entrar na paiN Gaming. A jogadora passou de revelação em ascensão para integrante da melhor equipe feminina de Counter-Strike: Global Offensive da América do Sul. Uma mudança e tanto na sua carreira e vida pessoal.

Leia mais:


Ainda assim, a pouca idade da atleta nunca foi um problema. Em seu tempo no Santos, ela sempre mostrou maturidade dentro e fora de jogo. Não é à toa que era o maior destaque de lá, mesmo ao lado de outras jogadoras experientes do cenário.

Tornando-se referência antes da maioridade, a pro player procura inspirar outras mulheres que querem entrar para o mundo dos esports: "Minha história no competitivo começou como a maioria, ou seja, jogando em times fakes. Ainda assim, sempre levei isso muito a sério. Treinei e me dediquei muito. Então, se você é uma jogadora que está neste período inicial, continue se empenhando e nunca desista".

Apesar do ciclo ainda ser recente, izaa já faz planos do que pretende fazer dentro da sua nova equipe e também nas competições que vêm pela frente. Em entrevista exclusiva ao Versus, ela classifica sua entrada na paiN como "uma oportunidade incrível" e crava:

"Todas no time são muito experientes e posso absorver muita coisa de cada uma delas. Estou muito feliz em poder jogar com elas, pois isso é algo que sempre quis".

Izaa com suas novas companheiras de equipe, bizinha e GaBi. Foto: Reprodução
Izaa com suas novas companheiras de equipe, bizinha e GaBi. Foto: Reprodução

Uma carreira internacional ronda os pensamentos da pro player: "Ando pensando bastante nos torneios Mundiais que podemos participar e fico até um pouco nervosa quando lembro disso [risos]. Mas com certeza darei o meu melhor e confio muito na gente, então acho que no fim vai dar tudo certo".

Além dos mundiais, izaa também admite certa pressão no fato de preencher a vaga de uma das melhores jogadoras do país: "Sem dúvida, a responsabilidade de ocupar o lugar de uma jogadora como a cAmyy tem um peso maior. Porém, tento não focar nisso e sim em dar o meu melhor".

A cena nacional, é claro, não foi esquecida por izaa e pela PNG. A pro player revelou que "o time pretende voltar a disputar a Liga Feminina Gamers Club em breve" e afirmou que a cena mista "está nos planos da paiN". Ainda assim, ela não esconde: "Nosso verdadeiro foco está nos mundiais femininos".

Até o momento, izaa disputou três partidas pela nova organização. Em todas elas a jovem promessa teve grande destaque, com muitas eliminações. Seu próximo compromisso está marcado para esta quinta-feira (2), pela Brasil Game Cup. O adversário será sua antiga equipe, a ex-Santos.



Jairo "Foxer" Junior é redator do Versus. Siga-o no Twitter em @Foxer_JJ.

Tags Relacionadas
CS:GOpaiN GamingcAmyy
Mais notícias
CS:GO: FURIA vence CR4ZY e conquista Arctic Invitational 2019
CS:GO

CS:GO: FURIA vence CR4ZY e conquista Arctic Invitational 2019

Título brasileiro na Finlândia
Jairo Junior
CS:GO: G3X está de volta com Gaules, mch, pava, Spacca e CSR
CS:GO

CS:GO: G3X está de volta com Gaules, mch, pava, Spacca e CSR

O projeto pretende misturar alegria e seriedade com muito conteúdo
Jairo Junior
CS:GO: Avangar vence Forze e conquista título da BLAST Pro Series Moscow 2019
CS:GO

CS:GO: Avangar vence Forze e conquista título da BLAST Pro Series Moscow 2019

Após o vice do Major, a AVANGAR conquista um título importante
Jairo Junior