CS:GO

CS:GO: MIBR vence mousesports e vai à semifinal da IEM Sydney 2019

Os brasileiros estão na semifinal do torneio
@Foxer_JJ
Escrito por
Jairo Junior

A MIBR está nas semifinais da Intel Extreme Masters Sydney 2019 de Counter-Strike: Global Offensive. A equipe enfrentou a mousesports na madrugada desta sexta-feira (3) e garantiu a vaga após vitória de 2 a 0. O próximo adversário dos brasileiros será a Team Liquid.

Leia mais:

As escalações

MIBR

  • Gabriel "FalleN" Toledo
  • Fernando "fer" Alvarenga
  • Marcelo "coldzera" David
  • Epitacio "TACO" de Melo
  • Joao "felps" Vasconcellos
  • Wilton "zews" Prado (treinador)

Mousesports

  • Chris "chrisJ" de Jong
  • Robin "ropz" Kool
  • Finn "karrigan" Andersen
  • Özgür "woxic" Eker
  • David "frozen" Cernansky
  • Allan "Rejin" Petersen (treinador)

O confronto

Mirage

O primeiro mapa da série foi a Mirage, escolha da mousesports, que começou de terrorista. Apesar de perder o pistol, a MIBR teve um início melhor do que os seus adversários e se distanciou no placar em 8 a 2 com bom trabalho da dupla TACOLD e fer nas defesas. Na sequência, a mouz conseguiu boas entradas - em especial no bombsite A - e diminuiu a vantagem inimiga para 10 a 5.

No segundo tempo a Made in Brazil se perdeu no seu próprio jogo e os europeus aproveitaram. Foram oito pontos seguidos, até a virada de 13 a 11 para a Mousesports. Quando tudo parecia perdido, coldzera brilhou, evitou a derrota e o empate de 15 a 15 se fez presente.

Nem mesmo na prorrogação as emoções deram folga aos atletas e à torcida. O duelo continuou extremamente disputado e só no segundo overtime tudo foi resolvido no quinto clutch do Brasil, desta vez protagonizado por fer. Placar final: 22 a 19. Overpass

No segundo mapa - Overpass - foi a vez da MIBR começar de TR e realizar mais uma primeira metade superior, dominando seus oponentes. Com boas entradas, coldzera em noite inspirada e as situações de clutch ainda a favor dos brasileiros, a primeira etapa terminou com vitória parcial de 10 a 5 para a Made in Brazil, novamente.

Quando as funções se inverteram, a mouz chegou a assustar ficando apenas um ponto atrás da MIBR. Depois disso, os brasileiros enfim acordaram, fer tomou conta do embate e as pontuações se distanciaram de novo, em 14 a 9 para o time do "Rei do Rush". Nos últimos rounds, duas tentativas dos europeus no bombsite A foram freadas e a Made in Brazil garantiu o triunfo de 16 a 9 no mapa, além de 2 a 0 na série.

O evento

A IEM de CS:GO acontece na própria cidade que dá nome ao evento, na Austrália, entre 30 de abril e 5 de maio. Dezesseis times entraram na disputa do título e da maior parte da premiação total de US$ 250 mil.

O próximo compromisso dos brasileiros no campeonato será a semifinal contra a Team Liquid, neste sábado (4), às 2h. Saiba mais sobre a competição no guia do Versus e assista aos jogos ao vivo em:

Jairo "Foxer" Junior é redator do Versus. Siga-o no Twitter em @Foxer_JJ.

Mais notícias
CS:GO: FURIA sobe cinco posições no ranking da HLTV; Evil Geniuses assume top 1
CS:GO

CS:GO: FURIA sobe cinco posições no ranking da HLTV; Evil Geniuses assume top 1

Título da ESL Pro League S12 NA possibilitou a ascensão brasileira
Jairo Junior
CS:GO: BOOM pode ter os pontos RMR resetados; organização já planeja defesa
CS:GO

CS:GO: BOOM pode ter os pontos RMR resetados; organização já planeja defesa

Fato tem chances de acontecer pois Apoka foi punido pelo "bug do coach" em torneio RMR
Jairo Junior
CS:GO: Guerri, Apoka e mais treinadores brasileiros são punidos devido ao bug do coach
CS:GO

CS:GO: Guerri, Apoka e mais treinadores brasileiros são punidos devido ao bug do coach

No total são oito brasileiros punidos
Jairo Junior