CS:GO

CS:GO: MIBR perde para compLexity e deixa ECS Season 7 sem nenhuma vitória

Equipe brasileira foi eliminada com uma campanha de duas derrotas
@foxer_jj
Jairo Junior
escreve para o Versus.
Foto: MIBR/Reprodução
Foto: MIBR/Reprodução

MIBR e CompLexity Gaming acabam de se enfrentar em uma melhor de três, válida pela tabela lower da ECS Season 7 de Counter-Strike: Global Offensive. O confronto aconteceu nos mapas Train, Vertigo e Mirage e terminou em 2 a 1 a favor do time norte-americano. Com a derrota, os brasileiros deixam o torneio sem nenhum triunfo, enquanto a coL segue em busca de uma vaga nos playoffs.

Leia mais:


As escalações

MIBR

  • Gabriel "FalleN" Toledo
  • Fernando "fer" Alvarenga
  • Marcelo "coldzera" David
  • Epitacio "TACO" de Melo
  • Joao "felps" Vasconcellos
  • Wilton "zews" Prado (treinador)


CompLexity Gaming

  • Rory "dephh" Jackson
  • Shahzeeb "ShaZaM" Khan
  • Ricardo "Rickeh" Mulholland
  • Hunter "SicK" Mims
  • Owen "oBo" Schlatter
  • Matt "Warden" Dickens (treinador)


O confronto

Train

A Made in Brazil teve a escolha do primeiro mapa e ainda por cima começou de contra-terrorista. Tudo parecia bem encaminhado para os brasileiros, se não fosse a metade avassaladora da compLexity. Os norte-americanos começaram a partida com força total e partiram para cima de uma MIBR completamente apática, aparentemente nervosa e cometendo erros primários. No final do décimo quinto round, o placar já marcava 12 a 3 a favor da coL.

Dando continuidade ao bom momento, a CompLexity evitou um rush fundo no pistol e seguiu vencendo até o map point. Após isso, a MIBR adiou o inevitável por apenas uma rodada, antes de sucumbir pelo placar elástico de 16 a 4.

Vertigo

No mapa da coL, foi a vez do Brasil brilhar. coldzera e seu time entraram no jogo de uma forma bem diferente do anterior e emplacaram entradas rápidas, sem medo e com trocas de kill bem executadas. A equipe dos Estados Unidos resistiu durante todo o primeiro tempo e muitas rodadas foram resolvidas no detalhe. Porém, a maioria delas ficou a favor dos brasileiros, que conseguiram a vantagem de 10 a 5.

O segundo tempo seguiu com a MIBR dominando e somando pontos em busca da vitória. No entanto, novamente a maldição do 14º ponto bateu e a compLexity esboçou uma pequena reação, a qual durou quatro rounds. O freio veio com FalleN, que fez um ACE para chegar ao map point e animou seus companheiros para logo em seguida realizarem o retake do bombsite A e cravarem 16 a 9 no placar.

Mirage

O terceiro e último mapa começou com a MIBR jogando de forma parecida com o segundo confronto: agressiva e sem medo. No entanto, por vezes as entradas eram um pouco mais lentas e trabalhadas, dada a diferença dos cenários. Em um primeiro momento, o Brasil chegou a emplacar o famoso 7 a 1. Porém, a coL mudou seu setup defensivo e conseguiu o counter da estratégia inimiga, diminuindo sua desvantagem para apenas 8 a 7.

Na segunda etapa a coL assustou a torcida brasileira, virando o placar para 11 a 8. Em seguida, a MIBR não permitiu seus oponentes se distanciarem ainda mais e chegou ao empate de 11 a 11. No final da partida, os norte-americanos apostaram em diversas entradas rápidas e as rodadas se tornaram caóticas, enquanto os placares se mantinham colados um no outro. No final, a coL conseguiu os dois últimos pontos que precisava e levou a melhor por 16 a 14.

O campeonato

A ECS S6 de CS:GO acontece em Londres, Inglaterra, entre 6 e 9 de junho. A disputa conta com oito times e premiação total de US$ 500 mil (aproximadamente R$ 1,9 milhão).

O próximo jogo do Brasil será com a FURIA em ação, às 12h, contra a Astralis. Será uma partida decisiva para saber quem vai à semifinal e quem fica pelo meio do caminho. Saiba mais sobre a competição no guia feito pelo Versus e assista aos jogos ao vivo em:

Foto: HLTV/Reprodução
Foto: HLTV/Reprodução

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Jairo "Foxer" Junior é redator do Versus. Siga-o no Twitter em @Foxer_JJ.

Mais notícias
CS:GO: Skullz retorna à equipe titular da W7M Gaming
CS:GO

CS:GO: Skullz retorna à equipe titular da W7M Gaming

Jogador que foi emprestado a Luminosity retornou ao time de origem após o fim da line-up brasileira nos Estados Unidos
Matheus Oliveira
CS:GO: Lowkey Esports Brazil anuncia nova equipe com Spydaemon, demo e mais
CS:GO

CS:GO: Lowkey Esports Brazil anuncia nova equipe com Spydaemon, demo e mais

Line-up estava procurando uma nova organização há meses
Matheus Oliveira
"Está em pauta", diz Gerente de Marketing da Intel sobre IEM no Brasil
CS:GO

"Está em pauta", diz Gerente de Marketing da Intel sobre IEM no Brasil

Campeonato de nível mundial pode pintar no Brasil assim como a Intel Challenge feminina
Matheus Oliveira