CS:GO

CS:GO: MIBR e Sharks sobem seis posições cada em ranking da HLTV; FURIA cai três

FalleN e companhia estão de volta ao Top 10, enquanto os tubarões reaparecem na primeira página do ranking
@foxer_jj
Jairo Junior
escreve para o Versus.
Foto: HLTV/Reprodução
Foto: HLTV/Reprodução

As colocações das equipes brasileiras MIBR, FURIA Esports e YNG Sharks no ranking das melhores equipes de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) do mundo, foram alteradas novamente. Em nova atualização lançada nesta segunda-feira (23), os times de Gabriel "FalleN" Toledo e Raphael "exit" Lacerda subiram seis posições cada na tabela, enquanto a de Andrei "arT" Piovezan caiu três.

Leia mais:


Com a grande ascensão, a MIBR retornou ao top 10 mundial na 10º colocação. Isso foi possível após a 3º/4º colocação dos brasileiros na V4 Future Sports Festival Budapest 2019. Por lá, eles chegaram à semifinal invictos, mas tropeçaram diante da campeã Tricked.

A FURIA por outro lado, desceu até o 16º lugar após disputar a Games Clash Masters 2019 no mesmo período. Eles também foram capazes de chegar na semifinal - porém com uma campanha de duas vitórias sobre a BIG e uma derrota para campeã Illuminar Gaming - e acabaram eliminados pela Sprout por 2 a 1.

A diferença entre os dois campeonatos era o nível das equipes que estavam na disputa, assim como a premiação. No campeonato que a MIBR participou estavam mousesports e Ninjas in Pyjamas - que atualmente estão em 7º e 14º lugar no ranking da HLTV -, além de uma premiação de 300 mil Euros. Já na Games Clash a própria FURIA era o participante mais bem colocado na luta pela maior parte da premiação de US$ 100 mil. Por isso a campanha da MIBR surtiu um efeito mais positivo que a da FURIA.

Já a Sharks, voltou a aparecer na primeira página do ranking, assumindo 26º posição. Recentemente eles conseguiram derrotar a top 1 mundial (Team Liquid) na primeira semana da ECS norte-america, foram até a final, mas não conseguiram repetir o feito diante da NRG.

1/2
arT da FURIA | Foto: HLTV/Reprodução
arT da FURIA | Foto: HLTV/Reprodução
Exit da Sharks | Foto: HLTV/Reprodução
Exit da Sharks | Foto: HLTV/Reprodução

Além dos representantes do Brasil, outras mudanças na tabela também chamaram atenção. A mais incrível foi a da Virtus.Pro, que saltou 71 degraus até a 19º colocação. A campeã do Clash Illuminar também impressionou e subiu 46 posições até o 23º lugar a frente de Fnatic e Cloud9.

No topo da tabela, Liquid e Astralis continuam na primeira e segunda posição, respectivamente, enquanto a AVANGAR adentrou no top 3. Veja abaixo tudo que mudou:

1/2
1º ao 15º colocado no ranking da HLTV
1º ao 15º colocado no ranking da HLTV
16º ao 30º colocado no ranking da HLTV
16º ao 30º colocado no ranking da HLTV

O próximo grande presencial marcado no cenário internacional de CS:GO é a ESL One New York, entre 26 e 29 de setembro. O torneio terá uma premiação de US$ 200 mil e nenhum brasileiro estará na disputa. Em seguida terá a DreamHack Masters Malmo 2019 entre 1 e 6 de outubro. Por lá a premiação em jogo será de US$ 250 mil no total e a FURIA estará presente para representar o Brasil.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Mais notícias
CS:GO: Testando a nova Cache com Gio, coach da W7M
CS:GO

CS:GO: Testando a nova Cache com Gio, coach da W7M

Quais são as novidades do rework?
Matheus Oliveira
CS:GO: Sharks sobe uma posição e MIBR cai uma em atualização do ranking da HLTV
CS:GO

CS:GO: Sharks sobe uma posição e MIBR cai uma em atualização do ranking da HLTV

A FURIA não sofreu nenhuma alteração
Jairo Junior
CS:GO: EPICENTER 2019 é anunciado para dezembro com US$ 500 mil em premiação
CS:GO

CS:GO: EPICENTER 2019 é anunciado para dezembro com US$ 500 mil em premiação

Vitality, Evil Geniuses, Natus Vincere e AVANGAR são os primeiros convidados revelados
Jairo Junior