CS:GO

CS:GO: Furia perde para Na'Vi e é eliminada da ESL One Cologne 2019

O campeonato não conta mais com nenhuma equipe brasileira na disputa
@foxer_jj
Jairo Junior
escreve para o Versus.
Foto: ESL/Reprodução
Foto: ESL/Reprodução

A FURIA está eliminada da ESL One Cologne 2019 de Counter-Strike: Global Offensive. A equipe enfrentou a Natus Vincere valendo a permanência no torneio e foi derrotada por 2 a 0. O confronto aconteceu nesta quarta-feira (3).

Leia mais:


As line-ups

FURIA

  • Yuri "yuurih" Gomes
  • Kaike "kscerato" Cerato
  • Andrei "arT" Piovezan
  • Vinicius "VINI" Figueiredo
  • Rinaldo "ableJ" Moda
  • Nicholas "guerri" Nogueira (treinador)


Natus Vincere

  • Oleksandr "s1mple" Kostyliev
  • Egor "flamie" Vasilyev
  • Danylo "zeus" Teslenko
  • Denis "Electronic" Sharipov
  • Kirill "Boombl4" Mikhailov
  • Mykhailo "kane" Blagin (treinador)
Foto: HLTV/Reprodução
Foto: HLTV/Reprodução

O confronto

Nuke

O primeiro mapa foi escolha da FURIA, mas quem teve um ótimo começo foi a Natus Vincere de contra-terrorista. O mix de russos e ucranianos dominou completamente as investidas brasileiras e, em 11 rodadas, já cravou vantagem por 10 a 1. Quando o apagão do Brasil parecia irreversível, os furiosos encontraram o caminho da vitória no bombsite A e, sob o comando de kscerato, diminuíram a desvantagem para 11 a 4.

Na segunda etapa a FURIA deu continuidade à sua recuperação e chegou a encostar no placar em 12 a 11. No entanto, foi neste momento que a Na'Vi acordou e se reencontrou com a vitória, em boa atuação da dupla Electronic e zeus. No finzinho, os brasileiros tentaram resistir, ableJ conseguiu vencer um clutch 1 vs 2, mas não foi o bastante para impedir o triunfo de 16 a 12 do equipe da Rússia.

Overpass

Assim como aconteceu na Nuke, a Natus Vincere emplacou um bom início na Overpass e chegou a vencer por 5 a 0. A FURIA - que estava de CT - não deixou barato e, com jogadas bem agressivas, chegou ao empate de 5 a 5. Nos últimos momentos do primeiro half, flamie e s1mple brilharam e ajudaram seu time a construir a vantagem de 9 a 6.

No segundo half o atual melhor do mundo voltou a fazer diferença e começou o que seria um atropelo da Na'Vi. Até mesmo nas situações favoráveis para a FURIA, seus adversários fizeram o possível e o impossível para converter o ponto. Assim, o jogo seguiu até o matchpoint de 15 a 7, quando o Brasil resistiu, encaixou sete pontos seguidos, mas sucumbiu na última rodada do tempo normal em 16 a 14.

O campeonato

A ESL One Cologne 2019 de CS:GO acontece na Alemanha, entre 2 e 7 de julho. O torneio conta com premiação de US$ 300 mil (R$ 1,1 milhão) e 16 times na disputa. FURIA e a MIBR foram as representantes do Brasil.

Com a segunda derrota na competição os furiosos estão eliminados, assim como a MIBR após derrota para a BIG. Com isso, não há mais nenhum representante brasileiro disputando o campeonato alemão.

Ainda assim, ainda há diversas grandes equipes e jogos interessantes para assistir. Visite o guia do Versus para ficar por dentro do evento e acompanhe as partidas ao vivo em:

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Jairo "Foxer" Junior é redator do Versus, brasileiro e não desistirá nunca de torcer para os jogadores do Brasil. Siga-o no Twitter em @Foxer_JJ.

Tags Relacionadas
CS:GOESL OneFuriaNa'Vi
Mais notícias
CS:GO: Skullz retorna à equipe titular da W7M Gaming
CS:GO

CS:GO: Skullz retorna à equipe titular da W7M Gaming

Jogador que foi emprestado a Luminosity retornou ao time de origem após o fim da line-up brasileira nos Estados Unidos
Matheus Oliveira
CS:GO: Lowkey Esports Brazil anuncia nova equipe com Spydaemon, demo e mais
CS:GO

CS:GO: Lowkey Esports Brazil anuncia nova equipe com Spydaemon, demo e mais

Line-up estava procurando uma nova organização há meses
Matheus Oliveira
"Está em pauta", diz Gerente de Marketing da Intel sobre IEM no Brasil
CS:GO

"Está em pauta", diz Gerente de Marketing da Intel sobre IEM no Brasil

Campeonato de nível mundial pode pintar no Brasil assim como a Intel Challenge feminina
Matheus Oliveira