CS:GO

CS:GO: "Eu recusei de início", diz técnico YNK sobre proposta da MiBR

Servio revelou que se sentiu inseguro em relação à oferta
@iugahtk
Lucas Hagui
escreve para o Versus.
Foto: Reprodução/HLTV
Foto: Reprodução/HLTV

Parece que a ideia de assumir o posto de treinador da MiBR nem sempre agradou a Janko "YNk" Paunović. Nesta terça-feira (7), o sérvio revelou em uma entrevista que o convite da equipe brasileira de Counter-Strike: Global Offensive veio meses a trás e, em um primeiro momento, ele recusou a proposta.

Leia mais sobre CS:GO:

Em entrevista para a Betway Insider, YNk comenta que a MiBR entrou em contato com ele em junho deste ano, porém ele rejeitou a proposta a princípio por não sentir que era o momento certo para se tornar treinador. Além disso, ele afirmou que a necessidade de se mudar para a América do Norte o deixou relutante e pesou em sua decisão inicial.

Outro ponto que fez o ex-analista recusar foi a incerteza da line-up de CS:GO, que em seu primeiro mês estava cercada por rumores de mudança de jogadores -o que resultou na entrada de Tarik "tarik" Celik no lugar de Ricardo "boltz" Prass.

No entanto, Janko pensou em sua carreira e decidiu que aceitaria o cargo, já que não competia há um bom tempo e estava distanciado da experiência de competir. A razão principal que o fez assumir o time, porém, foi o fato de conhecer os jogadores, a organização e reconhecer o respeito que o time tem por seu trabalho.

"Quando você tem uma pessoa como Gabriel "FalleN" Toledo, não há muito o que você pode ensinar a ele sobre CS. Isto vai ser mais sobre passar um ponto de vista diferente e dar novas ideias para seus jogos. Estou ansioso para trabalhar com toda a equipe" - complementa Janko.

Por fim, YNk fala que a MiBR é uma equipe recém-formada e que precisa apenas trabalhar duro para entrar em forma, já todos os jogadores são versáteis, possuem ótimas mecânicas e são consagrados campeões de Major.

A próxima competição do calendário de CS:GO é a ZOTAC Cup Masters 2018, que começa dia 24 de agosto e contará com a MiBR na disputa e US$ 300 mil de premiação.


Lucas Takashi é redator do Versus. Siga-o no Twitter em @IugahTK.

Tags Relacionadas
CS:GO
Mais notícias
Tudo sobre o Projeto A, novo FPS da Riot Games
League of Legends

Tudo sobre o Projeto A, novo FPS da Riot Games

Os mundos de CS:GO e Overwatch unidos da melhor forma possível
Matheus Oliveira
CS:GO: Skullz retorna à equipe titular da W7M Gaming
CS:GO

CS:GO: Skullz retorna à equipe titular da W7M Gaming

Jogador que foi emprestado a Luminosity retornou ao time de origem após o fim da line-up brasileira nos Estados Unidos
Matheus Oliveira
CS:GO: Lowkey Esports Brazil anuncia nova equipe com Spydaemon, demo e mais
CS:GO

CS:GO: Lowkey Esports Brazil anuncia nova equipe com Spydaemon, demo e mais

Line-up estava procurando uma nova organização há meses
Matheus Oliveira